O circuito QS feminino de 2019 promete ser ainda mais competitivo que no ano passado e uma das principais razões será o aumento do número de provas com pontuações altas. Em 2018 o circuito contava com 4 etapas de 3.000 pontos mas este ano serão sete. Já o número de provas de 6.000 pontos diminuiu de 7 para 5 mas surgiram duas etapas de 10.000 pontos, o que irá claramente aumentar em muito o requisito para a qualificação para o Championship Tour.

O Florida Pro no passado era a segunda etapa do circuito e oferecia 6.000 pontos mas este ano passou a ser a primeira e oferece apenas 3.000. Mesmo assim atraiu muitas das melhores surfistas do planeta, como as tops do CT Caroline Marks e Brisa Hennessy e as portuguesas Carol Henrique e Camilla Kemp.

Mais que os pontos, esta etapa oferece a oportunidade de começar o ano com o pé direito a todas as que chegarem às fases finais, começando aí as suas caminhadas até ao Championship Tour de 2020. O Florida Pro poderá começar dentro de horas, acompanha tudo em directo AQUI!

Heats com surfistas portugueses
Round 2
Heat 8 | Caroline Marks x Carol Henrique x Nadia Erostarbe +1
Heat 11 | Summer Macedo x Camilla Kemp +2

 

Comentários