Muitos dos melhores surfistas do mundo estão neste momento em Portugal a disputar o EDP Billabong Ericeira Pro e de seguida seguem para França, antes de regressarem ao nosso país.

Em Hossegor espera-os o Quiksilver Pro France, penúltima etapa do Championship Tour da WSL. Muito está em jogo ainda, desde o título mundial, que já é uma disputa reservada a 4 surfistas, como as vagas no top10 ou mesmo no top22, que garante a qualificação para o ano seguinte.

No limite da qualificação está Frederico Morais, que procura em França um resultado sólido, de modo a voltar a subir no ranking e sair da danger zone. Os seus adversários são dois nomes bem conhecidos, Ítalo Ferreira, actual número 4 do tour, e Wiggolly Dantas, que tem competido este ano como “replacement surfer”. O nosso “Freddy” procura passar algumas baterias neste local onde tem muita experiência mas tudo o que seja abaixo de um 9º lugar poderá ser muito perigoso para a sua permanência no CT.

Fora do evento estão, novamente, Kelly Slater, John John Florence e Caio Ibelli, o que abriu vagas para Wiggolly e ainda Miguel Pupo. Mas ficam por atribuir ainda estão 3 vagas, sendo que uma delas será para o surfista francês mais bem classificado no ranking depois da etapa portuguesa do QS. Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Heats do round 1
Heat 1: Jordy Smith, Sebastian Zietz, Joan Duru
Heat 2: Owen Wright, Yago Dora, Keanu Asing
Heat 3: Italo Ferreira, Frederico Morais, Wiggolly Dantas
Heat 4: Julian Wilson, Tomas Hermes, TBD
Heat 5: Gabriel Medina, Connor O’Leary, TBD
Heat 6: Filipe Toledo, Joel Parkinson, TBD
Heat 7: Wade Carmichael, Ezekiel Lau, Matt Wilkinson
Heat 8: Kolohe Andino, Adriano de Souza, Miguel Pupo
Heat 9: Kanoa Igarashi, Adrian Buchan, Ian Gouveia
Heat 10: Michel Bourez, Michael Rodrigues, Patrick Gudauskas
Heat 11: Willian Cardoso, Griffin Colapinto, Jesse Mendes
Heat 12: Jeremy Flores, Conner Coffin, Michael February

Comentários