Mais uma vez o circuito Pro Junior Europeu começa em ondas portuguesas, no Junior Pro Espinho, uma prova que oferece 1.000 pontos no ranking ao vencedor tanto na categoria masculina como feminina.

A presença dos portugueses foi mais uma vez numerosa e na primeira fase, realizada ainda em ondas de um metro, as prestações estiveram à altura. José Maria Bruschy, João Mendonça, Martim Nunes e Tomás Gonçalves venceram os seus heats enquanto que Rodrigo Chaves, José Ribeiro e Martim Ferreira também seguiram em frente. Entre eles foi Mendonça quem parecia mais “promissor”, tendo inclusivamente feito a segunda melhor média da fase. Infelizmente apesar das condições o favorecerem mais no segundo dia, com ondas a rondar os 2 metros, o surfista de Aljezur cometia uma interferência e era eliminado. Mesmo assim a sua fase foi bastante positiva, com várias vitórias lusas da parte de Martim Ferreira, Afonso Candeias, Martim Nunes, Tomás Gonçalves, Rodrigo Chaves e Rodrigo Lebre, enquanto que José Champalimaud, Martim Paulino e Daniel Nobrega também avançaram.

No round 3 apenas metade dos heats foram realizados mas vários portugueses 5 dos 13 ainda em prova acabaram por ser eliminados. Na categoria feminina realizaram-se duas fases apenas e na primeira os destaques foram Matilde Passarinho e Carolina Santos, ambas vencedoras das suas baterias. No round 2 Mafalda Lopes, Carolina Santos e Concha Balsemão também foram bem sucedidas, conseguindo a qualificação para o round de 16.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

 

Comentários