A Praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, é uma das melhores a nível nacional e não desiludiu no primeiro dia da segunda etapa da Liga MEO Surf de 2019. Foi aqui que o Championship Tour se estreou no nosso país, em 1996, e mais de 20 anos mais tarde este spot parece ter perdido notoriedade mas não qualidade.

Boas direitas e, em algumas marés, esquerdas, esperavam os melhores surfistas do país e logo no primeiro heat do dia um dos mais promissores talentos da nova geração, Afonso Antunes, mostrou um nível de surf que não foi mais visto no resto do dia. Infelizmente Antunes perdia logo na fase seguinte mas o aviso ficou feito, qualquer dia este surfista leva uma etapa. Também Gony Zubizarreta, João Guedes, Miguel Blanco, Filipe Jervis, Marlon Lipke, Guilherme Ribeiro, Tomás Fernandes e o local Ivo Cação mostraram grande forma e venceram as suas baterias. A segunda fase já viu algumas surpresas, como a eliminação de João Kopke e Joaquim Chaves, mas ficaram 3 baterias por se realizar para terminar o round.

Entre a primeira e a segunda fase masculina realizaram-se 2 fases femininas, e apesar da ausência de duas crónicas finalistas, Carol Henrique e Camilla Kemp, que se encontram a competir no Senegal, viu-se muito bom surf. Teresa Bonvalot mostrou que os seus resultados no circuito QS são justificados e, sem grande esforço, fez a melhor média da prova feminina. Também Mafalda Lopes se destacou e claro, Yolanda Sequeira, que está de olho numa vitória nesta etapa, e ainda Carolina Santos, que fez uma das suas melhores prestações até agora no circuito.

O Allianz Figueira Pro regressa amanhã, a partir das 8 da manhã. Acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários