Foi entre Dezembro de 2018 e Janeiro de 2019 que Reef Heazlewood perdeu o seu patrocinador de longa data, a Billabong.

Depois de mais de 10 anos de “parceria” a marca australiana não renovou com o jovem talento o que, apesar de tudo, poderá ter sido uma mais-valia para este progressivo goofy. Ao que parece a sua nova realidade deu-lhe uma nova motivação para se manter relevante e não cair no esquecimento, como acontece com muitos competidores que ficam sem patrocínios.

O ano começou bem, com uma final no Volcom Pipe Pro, seguido de um 9º lugar no Hang Loose Pro Contest, o que o colocou na actual 15º posição do ranking com muito tempo pela frente para melhorar. Antes de competir nos trials do Quiksilver Pro Gold Coast, Heazlewood conseguiu fechar com a conhecida marca de chinelos, Havaianas, e, ao vencer o a prova de acesso ao primeiro evento do Championship Tour do ano, a sua situação continuou a melhorar. Em Duranbah, Reef derrotou o campeão em título do evento, Julian Wilson, duas vezes, para terminar em 9º lugar na prova e em 2º no Red Bull Airshow, realizado durante o mesmo evento.

Todo este sucesso recente chamou a atenção de uma marca que já tem uma das melhores equipas de surf, a Hurley. Foi durante o morning show da WSL que a notícia foi comunicada inicialmente, algo que entretanto já se espalhou pelas redes sociais. Reef terá agora todo o apoio para continuar o seu percurso e conseguir uma vaga entre os melhores surfistas do planeta!

 

Comentários