A vitória de Frederico Morais no round 2 do MEO Rip Curl Pro Portugal foi um momento crucial do seu ano competitivo. Depois de dois 25ºs consecutivos, no Surf Ranch Pro e no Quiksilver Pro France, o português estava em sério risco de chegar ao Havai a precisar de um resultado excelente, algo que é sempre difícil de fazer.

Entretanto o seu “seguidor” mais próximo, Connor O’Leary, apenas uma posição e pouco mais de 1.000 pontos atrás era eliminado por Ezekiel Lau. Mesmo assim o facto de Patrick Gudauskas e Tomas Hermes ainda estarem em prova, significava que Kikas continuava em perigo de descer no ranking. Felizmente Morais foi triunfante sobre Yago Dora, no round 2, e poderá segurar ou até melhorar a sua posição.

O seu próximo adversário será o norte-americano Conner Coffin, no heat 4 do round 3. É mais uma bateria muito importante para Frederico, que precisa de vencer se quiser superar Yago Dora e assim ficar um pouco mais seguro na próxima etapa.

O round 3 tem mais heats de grande relevância, com destaque para o 6º, 7º e 12º, todas baterias com implicações na disputa pelo título. Se Filipe Toledo foi bem sucedido contra Joan Duru, na 7ª bateria da fase, a disputa pelo título é adiada para o Havai. Também o primeiro heat da fase, Ítalo Ferreira VS Jesse Mendes promete ter muita acção como a bateria dos “Michaels”, Bourez contra Rodrigues.

Acompanha a evolução da prova a partir das 7:45 em directo AQUI!

Heats do round 3
Heat 1: Ítalo Ferreira x Jesse Mendes
Heat 2: Kolohe Andino x Ezekiel Lau
Heat 3: Jordy Smith x Matt Wilkinson
Heat 4: Frederico Morais x Conner Coffin
Heat 5: Michel Bourez x Michael Rodrigues
Heat 6: Gabriel Medina x Ryan Callinan
Heat 7: Filipe Toledo x Joan Duru
Heat 8: Kanoa Igarashi x Jeremy Flores
Heat 9: Wade Carmichael x Tomas Hermes
Heat 10: Owen Wright x Patrick Gudauskas
Heat 11: Willian Cardoso x Adrian Buchan
Heat 12: Julian Wilson x Ian Gouveia

Comentários

Os comentários estão fechados.