Nova razia na armada nacional em águas Australianas

publicado há 2 meses por 0

Telstra Stores Tweed Coast Pro Day 2

O segundo QS1000 na Austrália, onde se encontra estacionada a armada portuguesa, teve mais um resultado pesado para os surfistas que defendiam as nossas cores!

Não foi logo no primeiro dia que Pedro Coelho, Jácome Correia, Luis Perloiro e Tomás Fernandes, os portugueses presentes no Telstra Stores Tweed Coast Pro, vestiram as licras de competição pois os seus seedings colovam-os em fases mais avançadas.

Mas foi na noite passada que os surfistas portugueses meteram mãos à obra! Pedro Coelho foi o primeiro a competir logo no primeiro heat do Round 4, e pela frente tinha alguns nomes de peso, Reef Heazlewood, Jayke Sharp e o menos conhecido Benjamin Hucker. Uma das grandes dificuldades dos QS de baixo valor na Austrália, um continente que produz há décadas alguns dos melhores surfistas do mundo, é que mesmo em QS1000 são vários os nomes de peso que fazem questão de entrar para começar a ganhar ritmo competitivo para o resto do ano.

Obviamente que a armada nacional é também forte mas infelizmente as coisas não estão a começar da melhor forma. Coelho viu-se então com uma média final de 9.35, que pouco podia fazer frente à média final de 14.00 de Heazlewood e de 12.65 de Sharp. Ainda à frente de Coelho ficou Hucker.

No heat 3 tivemos mais um português em prova, o jovem Luís Perloiro. Este é um dos grandes nomes nacionais a ter em conta mas que também tem tido algumas dificuldades no arranque competitivo de 2017. Infelizmente, Perloiro ficou com uma magra média de 6.55, o que lhe deu o quarto lugar atrás de Jordin Watson, Cam Richards e, em terceiro e também eliminado, Jihad Khodr.

Restava apenas mais um português em prova neste round, Jácome Correia, outro júnior que promete vir a dar que falar na esfera internacional e em representação das cores nacionais. Cabarita Beach também não colaborou com Jácome e o açoreano viu a sua prestação terminada com um quarto lugar. Thomas Cervi, Yusi Nishi e Wesley Leite (elimanado), terminaram à sua frente.

O dia terminou quando se realizou o último heat deste round e com o regresso da competição esta noite, resta-nos apenas um nome português, Tomás Fernandes. O surfista da Ericeira só irá competir no heat 15 do round 5 e frente a Chris Zaffis, Sheldon Simkus e Noah Stocca.

Podes assistir ao vivo (scores) à performance de Tomás carregando AQUI! #goportugal

 

Comentários