Depois de um lay day o Pro Santa Cruz presented by Noah Surf House regressou em ondas a rondar o metro e meio. Foi um dia dedicado ao round 3 mas, infelizmente, não foi positivo para os surfistas portugueses.

Tudo começou com a derrota de Tomás Fernandes logo na primeira bateria do dia. A vencedor da primeira etapa da Liga MEO Surf não conseguiu escolher as melhores ondas e acabou em 4º lugar enquanto que Paul Cesar Distinguin venceu o confronto. Logo de seguida foi Miguel Blanco quem ficou pelo caminho, eliminado em 3º lugar por Phillippe Chagas e Gearoid McDaid.

Também Pedro Henrique, Pedro Coelho, Diogo Martins sofreram o mesmo destino no que teria sido uma “razia total” da armada lusa caso um surfista não tivesse “sobrevivido” a este difícil dia de prova. Nicolau Von Rupp, apesar de se estar a dedicar mais a surfar ondas grandes, mostrou que tem talento de sobre para dar cartas no circuito QS e avançou numa bateria muito competitiva. Nic fez notas de 4.50 e 6.40 para passar em segundo lugar atrás de Thomas Debierre, eliminando João Chianca e Leon Glatzer. Também fora da prova ficou Luís Perloiro, que tinha sido um dos destaques do dia anterior mas lesionou-se durante uma sessão de free surf e deu lugar a Tomás Ribeiro, que também foi eliminado.

Outros destaques para este dia vão para Vitor Mendes, irmão do top do CT, Jesse Mendes, e ainda Vicente Romero e Leo Paul Etienne, que fizeram algumas das melhores notas do dia.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Heats com surfistas portugueses
Round 4
Heat 1 | Vasco Ribeiro x Slade Prestwich x Paul Cesar Distinguin x Gearoid McDaid
Heat 8 | Alex Ribeiro x Guilherme Fonseca x Samuel Igo De Souza x Gony Zubizarreta
Heat 9 | Aritz Aranburu x Keanu Asing x Vicente Romero x Nicolau Von Rupp
Heat 16 | Frederico Morais x Andy Criere x Ugo Robin x John Mel

 

Comentários