Nicolau Von Rupp no round 2 do MOCHE Rip Curl Pro Portugal

publicado há 3 anos por 0

moche-rip-curl-pro-portugal-dia-3-nicolau

Ao vencer os MOCHE Trials, Nicolau Von Rupp concretizou um dos seus maiores objectivos. O luso-germânico é um expert em ondas como Supertubos e a vaga no MOCHE Rip Curl Pro Portugal não poderia ter sido mais justa.

Von Rupp tornou-se num de dois surfistas que não fazem parte do WCT a participar nesta etapa e por estar mais alto no ranking que Jacob Wilcox (o outro wildcard) teria como adversário o número 2 do ranking.

Isso significava que iria defrontar, pela primeira vez na sua carreira, o 11x campeão mundial Kelly Slater e ainda Matt Wilkinson.

Depois de alguns dias de espera o MOCHE Rip Curl Pro Portugal começou com ondas de metro e meio nos Supertubos. Apesar de não estarem condições perfeitas, havia alguns tubos e vários surfistas contavam com notas altas nos seus somatórios.

Nicolau mostrou-se muito focado antes do heat, escolheu um percurso diferente ao de Slater para entrar na água e foi o primeiro a fazer uma onda, uma direita com parede suficiente para dar uma boa batida que lhe deu uma nota de 4 pontos. Logo de seguida Matt Wilkinson apanhou uma das melhores ondas do dia e depois de um bom tubo e alguma manobras recebeu a nota de 9.57.

Slater não parecia estar em sintonia, encaixando em alguns close outs e tentando algumas manobras que não saíram bem. Por sua vez Nicolau “farejava” os tubos, encaixando-se em qualquer secção que aparecesse mas com pouco sucesso.

Quando Slater finalmente fez uma onda com potencial para passar os 2 pontos, Matt Wilkinson reforçou a sua posição com mais um tubo, apesar de não ter sido tão impressionante como o anterior. Mesmo assim recebeu a nota de 5.33, enquanto que Kelly recebeu 7.33 e voltou à disputa pelo primeiro lugar, enquanto que Nicolau ficou a precisar de uma combinação. Essa combinação aumentou quando Wilkinson apanhou uma direita e deu duas fortes batidas de backside, pontuando 6.5.

Von Rupp finalmente apanhou uma onda boa e apesar de ter andado bastante no tubo caiu, e não conseguiu bons pontos. Logo de seguida Kelly Slater, a precisar de 8.57, fez um tubo impressionante de backside, surfado no limite, que lhe deu a nota de 9.67.

Assim o número 2 do ranking passou para a frente deixando Matt Wilkinson a precisar de 7.44. Wilko, sem prioridade, tentou um rodeo clown para a direita mas não conseguiu completar por muito pouco. Nos últimos segundos Nic ainda apanhou uma direita mas esta tinha pouco potencial e o surfista da Praia Grande não conseguiu sair da combinação.

Nic terá no round outra oportunidade de avançar nesta prova. Acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários