Nicolau Von Rupp é um único luso ainda em prova em Saquarema | Dia 3

publicado há 2 anos por 0

QUIKSILVER-PRO-SAQUAREMA-DIA-3-2015

O terceiro dia do Quiksilver Pro Saquarema foi um dos mais desastrosos de sempre para os surfistas portugueses numa prova QS 10.000 (Prime) já que todos os que competiram neste dia foram eliminados.

O mar acertou um pouco mas a escolha de ondas (ou sorte nas ondas) era essencial e foram vários os surfistas de quem se esperava mais que perderam neste dia. Zé Ferreira, o primeiro português a competir, foi um deles. O surfista do Guincho tem andado com um surf “afiado” mas simplesmente não apanhou as ondas certas passar. Na sua melhor fez 5.67 e chegou a passar para a segunda posição, mas acabou por cair para o quarto lugar, perdendo a precisar de apenas 7.40.

Frederico Morais também não apanhou as melhores ondas do heat mas foi de longe o melhor surfista português em prova neste dia. Numa bateria de notas altas Morais destacou-se quando apanhou uma “fechadeira” mas deu um forte pauladão no lip, seguido de um reentry, recebendo 8.07. Mas também Matt Banting e Steven Pierson conseguiram notas de 8 pontos, em ondas com muito mais potencial, e empurraram “Kikas” para terceiro lugar. No fim o português precisava de 6.98 e ainda fez duas ondas boas, com fortes batidas de backside. A primeira podia ter sido a nota mas os júris pontuaram com 6.8 e na última, se tivesse acertado a sua quarta manobra poderia ter feito a pontuação mas o backwash do inside não ajudou e Frederico foi eliminado.

Tiago Pires era um dos surfistas mais falados do evento e por norma o seu surf de backside garante-lhe grandes resultados. Só que nesta ocasião não surfou ao seu melhor nível nem encontrou o ritmo que tem mostrado noutros campeonatos, terminando em quarto lugar. Enquanto isso o seu amigo Jeremy Flores fez um heat brilhante e venceu.

O dia não acabava sem mais uma baixa na “armada lusa”. Marlon Lipke também surfou bem mas foi surpreendido pelas ondas excelentes no fim do heat de Connor O’Leary e Joan Duru, sendo eliminado apenas a precisar de uma nota de 6.88.

Nicolau Von Rupp foi poupado ao destino dos seus “colegas” mesmo sem ter entrado na água, já que a prova parou no heat anterior ao seu! Acompanha a sua prestação em directo AQUI!

Comentários