O penúltimo dia de prova do Cascais Billabong Pro arrancou com condições razoáveis, ondas de um metro, sets ligeiramente maiores, mas algum vento on-shore a prejudicar a formação.

Poucas horas mais tarde a meio do round de 24, competidores, organizadores e público trataram de arranjar um lugar protegido pois as nuvens estavam a aparecer no horizonte com uma intensidade assustadora, prometendo muito mais do que chuva intensa. A prova até foi posta on-hold mas por pouco tempo pois a nuvem dissipou-se e deu apenas alguma chuva durante poucos minutos.

E mesmo as condições difíceis não impediram que os melhores surfistas do WQS (e alguns do WCT), conseguissem fazer do melhor surf alguma vez visto em Carcavelos. O maior destaque do dia vai para o ex-top do WCT Jadson André. Este brasileiro deu o tubo mais pesado do evento até aqui, numa esquerda do set. Na sua outra onda boa, de backside, Jadson bateu mais a prancha na base da onda que a maior parte dos competidores mas compensou com fortes batidas no lip e está em vias de conseguir em Portugal o resultado que o vai garantir no WCT de 2014.

Outro grande destaque do dia foi o surfista da Costa Rica Carlos Munoz que “atacou” os seus adversários com as suas manobras explosivas e surf progressivo. O domínio de “Carlitos” do aéreo com origens no MotoCross, o Superman, foi fatal para surfistas como Willian Cardoso e nos rounds anteriores alguns tops do WCT.

A próxima fase a entrar em prova é o round de 16, uma fase carregada de grandes confrontos. Acompanha tudo em directo AQUI!

Heats do round de 16
Heat 1: Bede Durbidge (AUS) vs Carlos Munoz (CRI)
Heat 2: Gabriel Medina (BRA) vs Mitch Crews (AUS)
Heat 3: Jonathan Gonzalez (CNY) vs Maxime Huscenot (FRA)
Heat 4: C.J Hobgood (USA) vs Conner Coffin (USA)
Heat 5: Wade Carmichael (AUS) vs Jadson Andre (BRA)
Heat 6: Granger Larsen (HAW) vs Kiron Jabour (HAW)
Heat 7: Adam Melling (AUS) vs Krystian Kymerson (BRA)
Heat 8: Jeremy Flores (FRA) vs Travis Logie (ZAF)

Comentários

Os comentários estão fechados.