Muitas baixas na Armada Lusa em Pantin | Dia 3

publicado há 7 meses por 0

BLANCO-NICOLAU-E-MORAIS-SOBREVIVEM-EM-PANTIN-DIA-3-2016

O Pantin Classic Galicia Pro continuou com ondas bastante melhores que no dia anterior, mas nem todos os surfistas lusos se conseguiram adaptar.

Apesar disso o dia até começou bem, com a qualificação de Miguel Blanco para o round seguinte. Miguel tinha adversários de peso, os franceses Adrian Toyon e Timo Bisso e ainda o brasileiro Alan Donato, mas conseguiu ser muito consistente. Com duas ondas consecutivas de 5.83 passou em segundo lugar atrás de Toyon.

No entanto dos 6 surfistas portugueses que competiram depois de Blanco neste dia apenas 3 avançaram. Marlon Lipke entrou no heat 19 e teve Mitchell James e Slade Prestwich a fazerem duas notas sólidas cada um cedo na bateria. No fim Lipke apenas precisava de 6.78 para passar para segundo lugar e ficou perto na sua última onda, mas recebeu apenas 6.07 e foi eliminado.

Nicolau Von Rupp fechou o round a passar em segundo lugar, atrás de Shun Murakami, numa bateria de poucas notas sólidas. No heat 3 do round 2 Vasco Ribeiro apanhou muitas ondas, mas nenhuma tinha grande potencial. Mesmo assim Ribeiro ainda transformou uma delas em 6.3 pontos e ficou perto de virar o heat, mas acabou por perder em 3º para Dion Atkinson e Marco Fernandez.

Pedro Henrique vinha de um 5º ligar em Anglet, mas não conseguiu repetir a magia em Pantin. O seu heat foi muito incaracterístico, tendo apenas apanhado 4 ondas e apenas na última mostrou o seu surf, mas foi pouco e tarde e acabou eliminado.

Tomás Fernandes fez um bom heat, com uma nota de 6 pontos bastante cedo. Mas ficou a precisar de outra nota forte e acabou eliminado em 3º frente a um inspiradíssimo Luke Hynd e ainda Aritz Aranburu, enquanto que Patrick Gudauskas terminou em 4º lugar.

Por sua vez Frederico Morais vingou as derrotas dos seus conterrâneos com uma vitória sólida sobre Torrey Meister (2º), Maxime Huscenot (3º) e Takumi Nakamura (4º). Kikas abriu com duas ondas fortíssimas, direitas com muitas manobras fortes e a média seria suficiente para nunca ter estado em perigo de ser eliminado. Entre os “internacionais” o destaque vai para Marco Giorgi, que fez notas de 9 e 8.33 e deixou adversários de peso combinados.

Acompanha esta prova em directo amanhã AQUI!

Heats com portugueses
Round de 96
Heat 18 | Tanner Gudauskas x HizunomeBettero x Miguel Blanco x Dimitri Ouvre
Heat 23 |
Carlos Munoz x Hiroto Ohhara x Thiago Camarao x Nicolau Von Rupp

Round de 48
Heat 10 | Luke Hynd x Frederico Morais x Tomas Hermes x Willian Cardoso

Prova Feminina
Round de 32
Heat 1 | Teresa Bonvalot x Mahina Maeda x Dimity Stoyle
Heat 4 | 
Tessa Thyssen x Georgia Fish x Carol Henrique

Comentários