Morais eliminado no Hurley Australian Open | Dia 5

publicado há 2 anos por 0

HURLEY-AUSTRALIAN-OPEN-OF-SURFING-2015-DIA-6

Foi ao sexto dia do Hurley Australian Open of Surfing que o mar finalmente melhorou, mas pouco. Mesmo assim assistiu-se a um dia de prova muito competitivo, com o factor sorte a influenciar as decisões ligeiramente menos.

Frederico Morais, já qualificado para o round 3, tinha pela frente 3 duros adversários mas rapidamente se mostrou à altura deles. Foi uma bateria muito disputada que começou com a vantagem para Heath Joske e Fred Patacchia, ambos a pontuar cedo notas na casa dos 7 pontos. Kikas foi bastante activo e apesar de não ter apanhado nenhuma onda com grande potencial soube transformar close outs em grandes scores.

O seu melhor momento foi já no último terço do heat quando deu uma forte rasgada e atacou a junção a soltar o tail, sendo recompensado com a melhor nota do heat até aí, 8.7. Com essa onda passou para o primeiro lugar mas a liderança não durou muito, já que Joske respondeu com uma nota de 8.33 que, juntando ao seu 7.17, lhe deu uma liderança apertada.

Perto do fim da bateria, Patacchia mostrou que ainda está no seu melhor nível com dois fortes “coiçes” de backside que lhe deram uma das melhores notas do dia, 9.27. Assim Fred passou para a frente e Morais ficou a precisar de 6.8. Frederico ainda apanhou mais duas ondas e caso tivesse acertado um arriscado aéreo reverse na última teria passado o heat mas não foi o caso. Em quarto lugar ficou Deivid Silva, um surfista que no dia anterior foi o grande destaque da prova com várias notas excelentes.

E assim ficou de fora o último guerreiro luso presente em Manly. Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI a partir das 20:30 (horas de Portugal)!

Comentários