Morais e Duarte vencem o Montepio Cascais Pro by ESS

publicado há 3 anos por 0

FRED-E-CARINA-VENCEM-ULTIMA-ETAPA-DA-LIGA-MOCHE-2014

Foi com boas ondas que terminou a Liga MOCHE de 2014 e vitórias de surfistas que não terminaram o circuito na frente. O mar estava um pouco mais pequeno que no dia anterior e apesar obrigar os competidores a longas remadas ou boleias de mota de água, o surf foi impressionantes desde o início.

Este dia de prova começou com o round de 16 logo pela manhã com performances sólidas de João Guedes e Eduardo Fernandes, que eliminaram Miguel Blanco e Nicolau Von Rupp. Frederico Morais, Vasco Ribeiro e Pedro Henrique venceram as baterias seguintes, “arrastando” consigo os irmãos Guichard e ainda Gony Zubizarreta para os quartos de final man-on-man.

Frederico Morais estava sob mais “under pressure” pois tinha no mínimo que chegar à final, e mesmo se chegasse e vencesse, poderia não ser suficiente. Mas o surfista do Guincho não acusou a pressão e surfou ao seu melhor nível, abusando dos carves de frontside e de finalizações poderosas. Sempre que Morais avançava a pressão passava para Vasco Ribeiro, que também se mostrou sólido, apesar de ter vencido a sua bateria frente a Luca Guichard por apenas meio ponto.

Nas meias finais os candidatos tinham pela frente dois perigosíssimos goofies, que estavam a mostrar potencial para surpreender qualquer um dos seus adversários. João Guedes estava a ter um ano abaixo do que se espera dele mas recuperou bem nas últimas duas etapas, apesar de não ter conseguido passar por Frederico Morais nesta bateria.

Do outro lado da grelha estava Vasco contra Pedro Henrique, um confronto que repetia os quartos de final da etapa de Aljezur, em que Ribeiro tinha sido eliminado. Mas desta vez o líder do ranking não deu hipóteses, e quando surfou uma longa esquerda com grandes rasgadas no outside e batidas fortes a finalizar, praticamente garantindo a sua vaga na final e o título. Henrique ainda conseguiu diminuir o seu requisito e terminou com uma onda boa, mas seria insuficiente e Vasco Ribeiro saiu da água como campeão do circuito.

Depois de uma Expression Session vencida por Joackim Guichard, com um reentry poderoso e arriscado, a final feminina entrou na água. O título já tinha sido decidido semanas antes a favor de Teresa Bonvalot, mas ainda está havia o prize money de 1.000 euros da vitória da última etapa em disputa. As quatro finalistas, que tinham sido definidas já no dia anterior, não se acanharam com o tamanho das ondas, disputando a vitória taco a taco. Apenas dois pontos separaram a quarta classificada, Ana Sarmento, da vencedora, Carina Duarte, tendo Camila Kemp terminado com o 3º lugar e Teresa Bonvalot com o 2º.

A final masculina seria a terceira vez que os dois nomes mais dominantes da Liga se encontravam no circuito em 2014, encontrando-se empatados em vitórias até aqui. O desempate desde cedo pareceu estar a favor de Morais, que apanhou as melhores ondas e surfou-as na perfeição. Vasco respondeu com algumas manobras fortes mas as suas ondas não tinham tanto potencial e não conseguiu fazer notas altas. O melhor momento da final foi quando Frederico, depois de várias rasgadas fortes, deu uma batida numa secção pesada e depois de desaparecer na base da onda reapareceu vitorioso, colocando Vasco numa combinação da qual não conseguiu sair. E assim terminou mais um ano de Liga MOCHE, com excelentes ondas e muito bom surf!

Comentários