MOCHE Groms by Saca junta 2 jovem surfistas ao team

publicado há 7 meses por 0

vidal-e-graca-juntam-se-ao-team-moche

Chegou ao fim, no passado fim-de-semana, o MOCHE Groms by Saca. Este campeonato era destinado a surfistas portugueses nas categorias sub12 e sub16 que, numa primeira fase online, submeteram vídeos das suas ondas no FACEBOOK do MOCHE, respondendo a um desafio de Tiago Pires.

Foi o próprio Tiago, o melhor surfista português de todos os tempos, que analisou todas as participações e após esta triagem foi então criado um evento especial em que os surfistas nomeados competiram nas 2 categorias, tendo como objectivo final alguns prémios e regalias atribuídos pelo MOCHE aos vencedores.

A competição definiu assim que os dois vencedores de ambas as categorias passariam a integrar como novos talentos a exclusiva MOCHE Surf Team, juntando-se a alguns dos maiores nomes de sempre do surf português, Frederico “Kikas” Morais, Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot.

Como prémio mais imediato, os 4 primeiros classificados sub 16 terão a possibilidade de participar na Expression Session do MEO Rip Curl Pro, caso esta se realize, o que depende do timing e da organização da prova. Desta forma poderão ter o seu primeiro contacto com um evento WSL, fazendo parte de uma demonstração de surf de alta performance com os melhores surfistas do mundo. Foram assim apurados João Vidal, José Maria Bruschy, Guilherme Ribeiro e Gabriel Ribeiro para estarem presentes na Expression Session.

Também vários participantes no MOCHE Grooms, by Saca, estão desde o início do campeonato a participar como “caddies” dos vários surfistas WSL que participam no MEO Rip Curl Pro.

O MOCHE Surf Team é uma equipe de surfistas patrocinados da marca da Portugal Telecom que, desde 2007, vem apoiando os melhores surfistas portugueses, para que, a semelhança do que aconteceu com o Tiago “Saca” Pires, possam ter as melhores condições para assegurarem a sua presença no circuito WSL.

Além de dar nome à competição e de ter escolhido os atletas, Saca foi júri da prova nesta finalíssima realizada na  praia de Supertubos, juntamente com os atletas da MOCHE Surf Team Frederico Morais e Vasco Ribeiro.

O fim de semana começou com uma sessão free surf numa das muitas ondas boas que a zona de Peniche tem para oferecer e onde os jovens surfistas tiveram oportunidade de surfar com o seu ídolo Saca. No dia seguinte, a Praia dos Supertubos apresentava um mar difícil, com ondas na casa de 1,5m. As condições eram exigentes, mas os jovens surfistas adaptaram-se muito bem, numa primeira sessão de Warm up onde todos tiveram a inédita oportunidade  de surfar no mesmo pico onde surfistas da WSL treinavam para o MEO Rip Curl PRO. Nome como Gabriel Medina, Jadson André ou o campeão em título Adriano Sousa estiveram presentes.

O formato da competição MOCHE Groms by Saca foi desenhado para todos terem oportunidade de mostrar o seu surf a um exigente júri. Os atletas foram divididos em duas competições, de acordo com o escalão de idade – sub12 e sub16 anos.

Depois de uns quartos-de-final de 4, dos qual saíram os dois primeiros lugares directamente para a meia final, houve uma repescagem entre o 3º e o 4º, de onde saiu mais um atleta para a meia final, de três. A final disputou-se entre 4 atletas, sendo que o primeiro de cada categoria tem um lugar garantido na MOCHE Surf team de 2017.

Nos sub-12 o vencedor foi Santiago Graça, de 11 anos. Já nos sub-16, quem levou a vitória foi João Vidal.

Nas palavras de Tiago Pires, “o evento foi um sucesso e adorei estar no meio dos miúdos. Adoro sentir a energia deles e a vontade que eles têm de mostrarem o seu surf é simplesmente contagiante! o nível de surf surpreendeu-me muito pela positiva e acho que temos grandes esperanças a caminho!”

Para o MOCHE: “este foi mais um evento onde o MOCHE trouxe ao surf nacional uma nova forma de abordar a competição jovem. Ao desafiar o Tiago Pires a criar um evento onde o seu perfil de líder e figura maior do surf nacional serviria como exemplo a dar a estes miúdos, foi assim criada uma competição com grande visibilidade que, além da possibilidade de, tal como ele foi, os vencedores poderem ser apoiados pela sua marca de telecomunicações, também ofereceu um experiência única que dificilmente esquecerão”.

 

Comentários