Depois de vários dias de descanso, Miguel Blanco voltou a competir no Heroes de Mayo Iquique Pro, prova a contar 3.000 pontos para o ranking de qualificação da WSL. O evento não esteve parado mas durante alguns dias as outras categorias do, feminina e Pro Junior, avançaram bastante.

Neste dia as ondas estavam a rondar um metro com alguns tubos mas com grandes pausas entre os sets. Miguel Blanco encontrava no terceiro heat do round 3 contra o vencedor da prova do ano passado, Jack Robinson e ainda Sebastian Correa e Wesley Leite. Jack foi o primeiro a apanhar uma onda, abrindo logo com um tubo e mais algumas manobras para fazer uma nota de 5.67, um keeper sólido para este dia. Robinson estava com uma escolha de ondas impecável, com tubos em quase todas para juntar mais uma 6.33 pontos para dominar o heat.

Blanco também apostou nas direitas, encaixando algumas manobras fortes para conseguir notas de 3.50 e 3.07 e colocar-se em segundo lugar atrás do australiano. Perto do fim Sebastian fez a melhor onda só de manobras do heat, para conseguir 4 pontos mas, por falta de back up, seria pouco e tarde e foi o português quem avançou para o round 6.

Os seus adversários na fase seguinte eram os brasileiros Samuel Igo De Souza e João Chianca e Joaquin Del Castillo, do Peru. Acabou por ser mais uma bateria com poucas ondas surfadas, algumas das quais foram surfadas em cima das rochas, com competidores a ficarem em seco nas mesmas. Miguel surfou bem mas encontrou poucas oportunidades e no fim Chianca e Del Castillo avançaram, deixando o português em 4º lugar a precisar de uma onda de apenas 4.64 pontos.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários