Mick Fanning vence Vans World Cup

publicado há 1 ano por 0

FANNING-VANS-WORLD-CUP

Chegou ao fim a mais pesada etapa QS 10.0000 do ano, o Vans World Cup. Dois surfistas portugueses estavam em prova neste último dia e tiveram resultados iguais, terminando ambos em 17º lugar.

Frederico Morais foi o primeiro a competir e tinha pela frente John John Florence, Conner Coffin e Ítalo Ferreira. Entre os 4 era Coffin que tinha a qualificação em jogo neste heat e apesar de ter ficado a precisar de uma combinação para roubar o primeiro lugar de Florence, o seu 2º era sólido. Morais tinha vencido todos os seus heats até aqui mas encontrou dificuldade em escolher ondas com parede para manobrar e foi eliminado em 3º lugar.

Horas mais tarde seria a vez de Vasco Ribeiro medir forças com Gabriel Medina, Matt Wilkinson e Makua Rothman. O português abriu bem o heat graças aos seus fortes carves, conseguindo a nota de 7.67. Infelizmente teve alguma dificuldade em encontrar um back up forte e a meio do heat Wilkinson, que tinha duas notas medianas, passou para a frente. Na última onda, que foi surfada até ao shore break, Medina deu tudo e passou para o primeiro lugar, deixando Ribeiro em 3º a precisar 5.06. As suas duas últimas ondas não tinham potencial e Vasco foi eliminado por apenas .06, um resultado que poderá não ter sido muito justo quando se compara a sua primeira onda com as melhores pontuações dos qualificados para o round seguinte.

A prova seguiu e, além de Conner Coffin, que garantiu a qualificação e “roubou” a vaga de Connor O’Leary, outros, como Stu Kennedy ameaçaram entrar na “bolha”, mas não foram bem sucedidos e pouco mais mudou no seeding.

À final chegaram três australianos, Wilkinson, Wilson e Fanning, e um havaiano, Florence. John John era o grande favorito mas Julian foi quem dominou grande parte da disputa com os seus fortes carves. Até Mick encontrar um tubo bem no outside e garantir a nota de 9.87 e a eventual vitória, a sua primeira no Havai!

Comentários