Mega Semadhi vence Rip Curl Cup Padang Padang em condições épicas

publicado há 10 meses por 0

MEGA-SEMADHI-VENCE-RIP-CURL-CUP-PADANG-PADANG-2016

Não há muito por onde falhar em Padang Padang. Quando está ON, esta onda está entre as melhores do mundo. E quando se junta um campeonato que fica ON quando a onda está ON, magia acontece!

Foi o caso do Rip Curl Cup Padang Padang, seguramente o melhor special event de surf do mundo, com uma grande distância para qualquer outro! 16 dos melhores tube riders do planeta estavam na área à espera que as condições se materializassem, algo que aconteceu esta manhã.

Logo no primeiro heat ficou visível que as ondas estavam tão boas quantos se esperava e Clay Marzo foi o primeiro a tirar proveito das condições. Clay é visto como um free surfer e é essa a direcção da sua carreira mas, antes disso, era um dos melhores surfistas também a nível competitivo da sua geração. Mas não foi preciso puxar da sua veia de competidor para fazer algumas das primeiras notas excelentes do dia e comeãr com uma vitória.

Também Damien Hobgood conseguiu dar longos tubos para conseguir duas notas excelentes, 9 e 9.5. Não haveria eliminados nesta primeira fase pois todos os competidores teriam outra oportunidade na segunda fase e as oito melhores médias combinadas seguiriram para as meias finais. Foi nessa segunda fase que os locais mostraram que dominam Padang Padang e tanto Usman Trioko como I Made Rondi fizeram muito bom surf. Infelizmente Rondi tinha tido uma primeira fase desastrosa e ficou pelo caminho juntamente com outros grandes tube riders como Bruce Irons, Rizal Tanjung e Bruno Santos, entre outros.

Na primeira meia final Mason Ho apenas fez duas ondas, mas foram ambas excelentes e o havaiano garantiu um lugar na final com Hobgood em segundo e eliminando Jacob Wilcox e Lee Wilson.

No segundo heat o local Mega Semadhi e o ex-top do CT, Paulo Moura, fizeram notas 10 mas um deles, o brasileiro seria eliminado em 3º lugar à frente de Usman Trioko. Isto porque Clay Marzo fez apenas duas ondas mas foram 9.8 e 9.15, carimbando assim o seu passaporte para a final!

Marzo parece ter dado tudo nas meias finais e no derradeiro heat, que foi bastante escasso de ondas, apenas fez uma nota de 4 pontos e ficou em último lugar. Num evento normal Mason Ho, com notas 8 e 7.5 pontos estaria seguramente em primeiro lugar ou na disputa mas no Rip Curl Cup Padang Padang ficou em 3º lugar a precisar de uma combinação.

Já Damien Hobgood, com uma nota de 9.6, ficou bem ao alcance da vitória pois “apenas” precisava de 9.41 para passar para primeiro. Mas foi a super estrela local, Mega Semadhi, com mais uma nota de 10 pontos e um back up de 9 quem venceu esta muito disputada final!

Comentários