Medina, Florence e Zietz em forma em Jeffreys Bay | Dia 1

publicado há 7 meses por 0

JBAY-OPEN-2016-DIA-1

Logo no arranque do round 1 do JBay Open ficou patente que o regresso foi uma boa aposta já que as ondas estiveram muito boas durante quase todo o dia e nenhum tubarão foi avistado.

Logo a abrir a prova estava Mick Fanning que, apesar da pressão e da lesão que supostamente o deixou a surfar a menos de 100%, conseguiu uma vitória fácil contra Alejo Muniz e Conner Coffin, o que dá ao australiano pelo menos mais um dia para meter o seu tornozelo “on ice”.

A primeira surpresa aconteceu no heat 3 quando o rookie Kanoa Igarashi bateu John John Florence e Keanu Asing. Igarashi é subestimados por muito pela sua falta de experiência mas o norte-americano parece estar a compensar com a técnica e com alguns tubos e carves saltou directo para o round 3.

Gabriel  Medina foi o primeiro grande performer do dia. O brasileiro não tem o surf mais bonito de se ver em Jeffreys, mas compensa com a quantidade de manobras críticas que consegue meter por onda. Com ondas de 9.1 e 8.17 “Gabe” combinou Dusty Payne e Alex Ribeiro.

Jordy Smith, Caio Ibelli e Julian Wilson tiveram vitórias convincentes mas mais surpreendente foi a prestação de Sebastian Zietz. Depois de dois resultados fracos no Rio e Fiji, Zietz fez 3 ondas excelentes nos primeiros minutos e não olhou mais para trás.

No round 2 Matt Wilkinson escapou a uma derrota prematura por sorte. Nem ele nem Steven Sawyer conseguiram fazer notas sólidas mas, mesmo assim, o wildcard só não virou o resultado porque lhe escorregou na sua penúltima onda. Ao seguir em frente Wilko garante a lycra amarela por pelo menos mais uma etapa.

Logo de seguida Alex Ribeiro fez a sua melhor exibição do ano, atacando de backside o lip como não tinha feito até aqui e fez uma nota excelente. Infelizmente para ele tinha como adversário John John Florence, que com grandes carves e um posicionamento incrível para os tubos venceu com facilidade.

Também Filipe Toledo surpreendeu, fazendo o surf mais progressivo do dia. O seu adversário, Kai Otton, começou muito forte e parecia destinado a chegar ao round 3, mas Toledo respondeu com duas ondas cheias de manobras fortes e um aéreo abusado, acabando por vencer a bateria com alguma vantagem.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

 

tags:

Comentários