McGill e Beschen juntam-se a Morais e Florence no main event do Pipe Masters

publicado há 1 mês por 0

fin-mcgill-e-gavin-beschen-dominam-pipe-invitational

Pipeline não estava clássico para o (Pipe) Invitational, mas a prova avançou com condições bastante decentes. Os tubos nem sempre foram decisores para que os competidores passassem para as fases finais, o que permitiu, por exemplo, a presença na final de Victor Bernardo, um surfista mas conhecido pelo seu surf radical.

Juntaram-se à final dois irmãos mais novos de surfistas famosos, Gavin Beschen e Fin McGill, e ainda Joshua, um dos irmãos do trio Moniz, realeza nas águas do North Shore de Oahu.

Gavin é irmão de Shane, um dos maiores adversários que Kelly Slater conheceu no Championship Tour. O mais novo da dupla Beschen fez alguns anos no QS mas lançou-se como free surfer para a Volcom, mudando-se para o Havai há quase 20 anos juntamente com Shane, sendo sempre um destaque em Pipe e Sunset. Nesta prova Gavin, também conhecido como “the alien”, manteve a sua postura low profile e venceu quase todos os heats.

Finn é irmão de Dax McGill, uma ex-campeã mundial da ISA e forte candidata a uma vaga no CT feminino nos próximos anos. Nesta Triple Crown of Surfing, McGill mostrou muito bom surf e foi destaque desde a primeira fase. Nos quartos de final avançou mesmo só tendo surfado uma onda, que foi o melhor tubo da bateria.

A final foi completamente dominada foi Finn, que abriu a sua prestação com um bom tubo para Pipe, já em ondas mais sólidas que mais cedo no dia. A meio do heat fez outro tubo semelhante, e combinou os seus adversário até ao fim. A partir daí a disputa passou a ser pelo segundo lugar, que também garantia uma vaga no main event. Menos de 2 pontos separavam Beschen, Moniz e Bernardo, que acabaram por essa ordem e Gavin conseguiu assim a sua segunda vaga numa etapa do Pipeline Masters.

Acompanha tudo em directo AQUI!

Billabong Pipe Masters
Heats do round 1
Heat 1:  Julian Wilson, Wiggolly Dantas, Ryan Callinan
Heat 2: Kolohe Andino, Miguel Pupo, Bede Durbidge
Heat 3: Matt Wilkinson, Nat Young, Frederico Morais
Heat 4: Jordy Smith, Keanu Asing, Finn McGill
Heat 5: Gabriel Medina, Kanoa Igarashi, Bruce Irons
Heat 6: John John Florence, Jadson Andre, Gavin Beschen
Heat 7: Adriano de Souza, Conner Coffin, Alex Ribeiro
Heat 8: Joel Parkinson, Stuart Kennedy, Jeremy Flores
Heat 9: Filipe Toledo, Josh Kerr, Adam Melling
Heat 10: Kelly Slater, Caio Ibelli, Kai Otton
Heat 11: Sebastian Zietz, Italo Ferreira, Jack Freestone
Heat 12: Adrian Buchan, Michel Bourez, Davey Cathels

Comentários