Depois de vários dias de muita acção, o Outerknown Fiji Pro chegou ao fim com uma final 100% aussie. Tudo começou com uma vitória de Julian Wilson sobre Ítalo Ferreira no round 5, colocando o australiano como sério candidato à vitória. Ainda nessa fase, Joan Duru mostrou muito bom surf, conseguindo fazer várias ondas com manobras fortes e tubos bem controlados, garantindo uma das melhores médias do dia.

O round seguinte começou com a vitória de Matt Wilkinson sobre Julian Wilson, mostrando que o goofy da Rip Curl não estava para brincadeiras e podia mesmo sonhar com a liderança do ranking. De seguida Michel Bourez sentiu-se em casa e conseguiu bater uma das revelações do evento, Leo Fioravanti. O confronto de goofies, Connor O’Leary VS Joan Duru acabou por ser uma batalha de notas baixas vencida pelo primeiro e Parkinson acabaria por completar as meias finais ao derrotar Bede Durbidge.

A primeira meia final foi um heat bastante empolgante já que Wilko tinha uma nota excelente e Bourez duas médias altas. Na sua última nota Matt Wilkinson fez o que precisava para virar o resultado mas muitos ficaram a analisar bem algumas notas de Michel que poderão ter ficado um pouco abaixo. Na outra meia O’Leary continuou o seu ritmo a caminho do título de rookie do ano, batendo Parkinson para fazer a sua primeira final.

O derradeiro heat foi mais uma grande bateria que Matt Wilkinson venceu na última onda. Pela vitória o surfista mais colorido do tour recupera a licra amarela, a mesma que usava no ano passado por esta altura. No entanto a sua liderança é bastante “magra, com John John Florence apenas 250 pontos atrás e o trio Adriano de Souza, Jordy Smith e Owen Wright 600 pontos atrás.

Já Frederico Morais manteve exactamente a mesma posição, a 18º do ranking, apesar de agora ser seguido um pouco de mais perto por alguns nomes que anteriormente estavam bem para trás. A próxima etapa será o Corona Open J-Bay, que se realiza entre 12 e 23 de Julho.

Comentários

Deixar uma resposta