Matt Banting vence Los Cabos Open of Surf

publicado há 3 anos por 0

banting-vence-no-mexico

O sétimo dia de prova do Los Cabos Open of Surf tinha apenas 10 heats pela frente, 7 na categoria masculina e 3 na feminina.

O mar subiu ainda mais que nos dias anteriores e o vento continuava fraco, mas era visível que a partir de um metro a onda de Zippers começa a fechar bastante. Isso não impediu aos últimos oito surfistas em prova de mostrar muito bom surf nas fases finais. Logo no primeiro heat do dia o “brasileiro voador”, Ítalo Ferreira, simplesmente destruiu o top do WCT Josh Kerr, impondo uma combinação que ainda aumentou quando o aussie fez uma interferência.

Todos os outros heats da fase foram autênticos confrontos de gigantes, sempre decididos por menos de um ponto de diferença. Matt Banting eliminou Peterson Crisanto, Tanner Gudauskas eliminou o seu irmão, Pat, e Dion Atkinson derrotou a revelação da prova, Medi Veminardi.

Nas meias finais Matt Banting fez “a mala” cedo a Ítalo Ferreira, que lutou muito para voltar ao primeiro lugar, mas não conseguiu. Para terminar as meias finais Tanner Gudauskas e o seu incrível surf de backside pareciam já ter um pé na final e no fim do heat Atkinson precisava de uma nota perto do excelente e não tinha prioridade. Mas, para azar de Tanner, vieram muitas ondas no fim do heat e não faltaram oportunidades. E enquanto que Gudauskas não conseguiu aproveitar bem as suas ondas, Dion fez exactamente o que precisava, e garantiu a sua presença na final.

Entretanto, antes da final masculina, realizou-se a final feminina, um heat 100% havaiano. A grande revelação desta prova feminina foi a jovem Brianna Cope, que vinham eliminando tops do WWCT desde os quartos de final. Mas a “veterana”, Coco Ho, não lhe deu grandes oportunidades. Com o seu estilo bem conhecido, Ho abusou dos seus snaps a soltar ao tail para deixar Cope a precisar de uma combinação, e assim venceu esta etapa.

A final masculina foi semelhante, Matt Banting dominou mas Dion Atkinson esteve sempre por perto. Desta vez não conseguiu virar o resultados e Banting venceu o seu segundo campeonato 6 estrelas do ano, colocando-se com um pé no WCT de 2015.

A próxima etapa do WQS será o MR Price Pro Balito, etapa Prime realizada na África do Sul, e de seguida o tour volta ao México, para o Surf Open Acapulco, etapa de 4 estrelas.

Comentários