Marlon Lipke irá trazer para o MOCHE Capítulo Perfeito presented by Rip Curl algo que poucos eventos no mundo têm: o surf de um surfista que já esteve na elite do surf mundial, o WCT.

Claro que Marlon não será o único a levar este estatuto para o Capítulo Perfeito, afinal, um dos wildcards é o vencedor do ano passado e único surfista português presente no WCT, Tiago Pires. Ou seja, com Marlon teremos dose dupla de surf de excelência nas ondas épicas de Supertubos.

Marlon é também, juntamente com o eleito Alex Botelho – este na categoria de “Free Surfers” -, o surfista que representará o sul de Portugal, uma vez que o luso-germânico vive desde sempre no Algarve.

O surf do Marlon “pouco” tem para dizer, afinal de contas é surf de quem já conseguiu alcançar o objectivo de grande maioria dos seres que um dia decidiram colocar-se em pé em cima de uma prancha, alcançar o WCT, sendo assim por consequência directa um dos melhores do mundo.

O seu bakcside attack é cirúrgico, power e para lá de vertical. O seu frontside é quase uma fotocópia do seu backside no que diz respeito a power e execução técnica. No entanto, o seu frontside está um pouco à frente do seu backside no que respeito a manobras aéreas diz respeito. Marlon domina os aéreos de frontside mas a verdade é que a manobra que o distingue da grande maioria, e que é uma das grandes responsáveis pelos resultados que já conquistou ao longo da sua carreira, é o seu power carve de frontside. Se queres aprender a executar um carve full rail na água  perfeito então tens de analisar esta manobra de Marlon Lipke ao pormenor.

No que diz respeito a tubos o surfista do Algarve é também exímio. Está mais do que à vontade para se atirar aos buracos de Supertubos e encaixar neles de uma forma irreprensível. Aliado a tudo isto, Marlon tem uma experiência competitiva (a do WCT) que apenas um outro surfista neste evento terá, Tiago Pires, pelo que é sem dúvida um dos nomes fortes com possibilidade à vitória.

Marlon Lipke poderá ter ainda um motivo extra para vencer… No ano passado, Marlon teve um dos melhores anos dos últimos tempos, com vitórias em dois WQS (ambos de três estrelas: o Cabreiroa Pantin Pro e o Protest Vendee Pro) e a conquista de campeão europeu. Fez ainda capa na ONFIRE (que foi sem dúvida uma das melhores capas que já publicámos e das que os nossos leitores mais gostaram) e continuou a lançar os seus clips de surf, o “Weekend Warriores” com o seu toque muito único pois mostram viagens de surf pela Europa a destinos pouco comuns, como Itália  (que podes rever aqui) ou Escócia (aqui).

Mas parece que todos estes feitos de Marlon em 2012 não foram suficientes para que o luso-germânico ficasse sem patrocinador principal – que era a Protest ( e que segundo consta seguiu um caminho diferente do surf). Desta forma, Marlon certamente terá uma motivação extra para conseguir vencer pois certamente que tal também ajudará a ter o que merece, um patrocinador principal para continuar a ajudá-lo a construir a sua brilhante carreira, uma que já neste momento foi alcançada por poucos no mundo.

Aqui fica a sua mini-entrevista sobre o MOCHE Capítulo Perfeito presented by Rip Curl.

O que significa para ti ser eleito para o Moche Capítulo Perfeito? Fiquei bastante contente. Tenho descendência Alemã mas sou português, e é assim que me sinto. Foi nas águas portuguesas que aprendi a surfar e desenvolvi o meu surf. Por isso, acho que que a minha eleição foi um reconhecimento disso mesmo pelos Portugueses e não posso estar mais agradecido por isso.

O que pensas deste tipo de formato? Acho que este tipo de formato aumenta o nível de surf; dá-nos a oportunidade de surfar nas melhores ondas o que acaba por ser  mais aliciante para o público.

Fizeste algum tipo de campanha? Coloquei um post no Facebook.

Quem foi, para ti, a maior surpresa na lista final dos surfistas eleitos? Fiquei mais surpreendido  pelo Tiago Oliveira, Miguel Fortes, Ruben Gonzalez e Paulo do bairro não terem sido eleitos. No futuro seria interessante aumentar o número de concorrentes. Há tantos bons surfistas Portugueses que é injusto ficarem de fora.

Achas que há algum nome que deveria ser obrigatório estar presente e não está? Os quatro que referi em cima.

Amanhã poderás ler a mini-entrevista ao último surfista eleito pelo público para o MOCHE Capítulo Perfeito presented by Rip Curl, o surfista que em 2011 teve um wilcard para o WCT em Portugal, o Rip Curl Pro, e que foi talvez o mais acarinhado pelo mais famoso público do mundo, o português. O seu nome é, como já adivinhaste, Francisco Alves.

(vídeo de Marlon Lipke sobre MOCHE Capítulo Perfeito)

YouTube Preview Image

 

Comentários

Os comentários estão fechados.