Enquanto que muitos dos melhores surfistas do mundo rumaram em direcção à Ericeira para disputar o EDP Billabong Pro Ericeira, outros seguiram para o Oceano Índico para competir no So Sri Lanka Pro.

A prova de Ribeira D’Ilhas oferece 10.000 pontos ao vencedor mas deixa os competidores com seeding mais baixo fora do evento, o que fez com que muitos up and comers tenham optado pela prova de Arugam Bay, que apenas oferece 3.000 mas é mais acessível.

Apenas dois portugueses se  deslocaram a este evento, Pedro Coelho e Luís Perloiro, e ambos já se estrearam. Pedro, com notas de 5.67 e 6.17 pontos, venceu com facilidade o primeiro heat do evento, deixando Sachin Tharaka em segundo e eliminando Ajeesh Mohamed e Moorthy Megvan. No round 2, que já se realizou no segundo dia de prova, Pedro tinha adversários de peso, nomeadamente Noah Beschen, Kaiki Yamanaka e Maxime Dos Anjos. O surfista da Linha do Estoril surfou bem mas ficou a precisar de mais uma nota sólida, sendo eliminado a precisar de uma onda de 5.94.

Luís Perloiro estava no último heat da mesma fase e tinha como adversários o veterano do QS Gabriel Villaran, do Peru, o local Anushantha Andradasa e o israelita Elem Ben Zvi. Perloiro foi muito selectivo, surfando apenas 3 ondas, mas conseguiu uma nota de 7.10 na sua última, acabando em segundo lugar, apenas 0.1 pontos atrás de Gabriel, garantindo assim uma vaga na fase seguinte.

Os seus próximos adversários são Manuel Selman, Leo Paul Etienne e Ryan Slattery, no heat 15 do round 3. Na bateria seguinte, a 16, está Mark Occhilupo que compete pela primeira numa prova QS desde 2013.

Acompanha a evolução desta prova AQUI!

 

Comentários