Terminou esta noite (hora portuguesa) o WSL Junior Championships, prova que decidiu os títulos mundiais da WSL na categoria de Sub18.

A única representante portuguesa neste evento foi Mafalda Lopes, que terminou num honroso 9º lugar e mostrou potencial de ter feito um resultado ainda melhor caso tivesse tido mais sorte com as ondas que apanhou. Na categoria feminina o favoritismo dividia-se entre duas surfistas, Gabriela Bryan e Kira Pinkerton. No entanto a japonesa Amuro Tsuzuki não se intimidou e eliminou Pinkerton nos quartos de final e Bryan nas meias. Na final encontrou Alyssa Spencer e mais uma vez foi bem sucedida, vencendo com uma boa margem e fechando o ano com a chave de ouro.

Na categoria masculina os favoritos também caíram cedo. Kauli Vaast perdeu para o seu conterrâneo Justin Becret nos quartos de final enquanto que Kade Matson eliminava Tane Bowden e Jett Schilling perdia para Lucas Vicente, deixando tudo em aberto para as fases finais. No final a disputa foi entre Lucas Vicente e Kade Matson, um confronto de notas altas que foi vencido, por muito pouco, pelo brasileiro, que se sagrou campeão mundial júnior.

Comentários