A Liga MEO Surf, principal competição de surf nacional, está de regresso à Figueira da Foz, onde de 1 a 3 de Junho os melhores surfistas nacionais vão lutar pelo triunfo no Allianz Figueira Pro, a terceira de cinco etapas de 2018.

Inicialmente marcado para o fim-de-semana de 9 a 11 de Março, o Allianz Figueira Pro acabou por ser adiado e reagendado devido a uma forte tempestade com alerta vermelho decretado para a costa portuguesa.

Com a disputa pela liderança nos rankings ao rubro, o Allianz Figueira Pro afigura-se como determinante para perceber quem vai partir para a segunda metade da época na frente da corrida aos títulos de campeões nacionais masculino e feminino, lugares atualmente ocupados por Miguel Blanco e Teresa Bonvalot, respetivamente, assim como posicionar os surfistas candidatos aos cheque global de 6.000€ do Allianz Triple Crown.

Este é também o regresso da Liga MEO Surf à icónica direita do Cabedelo, que no ano passado proporcionou excelentes condições de surf e que faz parte da história do surf nacional e mundial. Foi lá que se disputaram várias etapas do Circuito Mundial de Surf no final da década de 90 e início do novo século.

Resta recordar ainda que o Allianz Figueira Pro venceu o prémio para “Melhor Evento” nos Portugal Surf Awards 2017 através de escolha direta dos surfistas em competição.

João Ataíde – Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz
“A Figueira da Foz afirma-se, cada vez mais, como um destino líder para os adeptos dos desportos de ondas e de praia. A prova disso é que, muito em breve, iremos requalificar, de forma profunda, um dos spots preferidos dos surfistas, o Cabedelo, e torná-lo ainda mais atrativo e com melhores condições para esta e outras modalidades que tiram proveito das excelentes condições naturais do Concelho para a prática de desportos de natureza, sejam eles em meio aquático ou em terra. A Câmara Municipal não podia deixar de congratular-se com uma prova que põe em destaque uma das maiores riquezas da Figueira da Foz, o seu mar, pela mão dos melhores surfistas nacionais”.

José Francisco Neves, Membro de Comité de Direção e Diretor Coordenador de Market Management da Allianz Portugal
“Esperamos que esta etapa do Allianz Figueira Pro seja, mais uma vez, palco de grandes ondas e de grande espetáculo. É a segunda prova com o naming Allianz, a contar para o troféu Triple Crown, e esta associação à Liga MEO Surf permite-nos estar próximo dos nossos clientes, de uma forma dinâmica e com vontade de fazer sempre melhor.”

Guilherme Fonseca – 3.º classificado do Allianz Figueira Pro em 2017 e top 10 da Liga MEO Surf 2017
“A Figueira é um sítio onde me sinto muito confortável e tem uma onda que eu gosto. Também tenho muitos amigos na Figueira da Foz, o que me faz sentir muito bem. Vou para este campeonato de forma descontraída, sem pensar muito no resultado, tentando fazer onda a onda e heat a heat. Isso não aconteceu nas primeiras etapas, porque ando um pouco ansioso a competir, mas, agora, vou com o objetivo de aproveitar o surf e divertir-me a competir, depois os resultados vêm por si. Espero que as condições sejam boas como no ano passado, com ondas com forças e de parede aberta, onde me sinto confortável. Foi isso que a Figueira nos deu no ano passado”.

Allianz Figueira Pro 2017 em números:

– Campeões da Etapa: Pedro Henrique e Teresa Bonvalot;
– 845 ondas surfadas;
– Melhor onda: 10 pontos (nota máxima) de Teresa Bonvalot na final;
– Melhor pontuação: 18.85 pontos (em 20) de Miguel Blanco no round 1.

Para além da competição principal, existem ainda outros sub-troféus em disputa, tais como:

– Allianz Triple Crown (vencedores masculino e feminino das etapas de Naming Allianz)
– Renault Expression Session (melhor manobra por etapa)
– Somersby Onda do Outro Mundo (melhor onda por etapa)
– Figueira Best Surfer (prémio dedicado aos surfistas locais)
– Moche Groms Cup (iniciativa da FPS e ANS incluindo bolsa desportiva)

Estes sub-troféus consideram, cada um deles, 2.500€/anuais, sendo que a premiação global da Liga MEO Surf 2018 é de 90.000€., sendo que o prémio Figueira da Foz Best Surfer, iniciativa da Câmara Municipal da Figueira da Foz, irá distinguir os melhores surfistas locais na etapa (masculino e feminino) com 1.500 euros.

O Allianz Figueira Pro conta ainda com workshops e iniciativas laterais destinadas a um maior envolvimento de todos os agentes interessados no surf, numa lógica complementar à ação principal que se desenrola dentro de água. Assim sendo, as atividades previstas são:

– Limpezas de Praia: Ação da Fundação PT na 6ªfeira destinada às escolas do Concelho da Figueira da Foz
– Treinadores: Surf Coaching by Kike Surf Coach (kikesurfcoach.com)
– Fantasy Surfer: Equipas de surfistas em prova (fantasy.ansurfistas.com)

As iniciativas da Fundação PT inserem-se numa lógica de preservação das praias, para além da promoção da educação e consciencialização ambiental, realizando-se em coordenação com a Plastic Sun Days.

No que toca ao Fantasy Surfer, o público poderá fazer as suas apostas com equipas do quadro masculino e feminino, habilitando-se a um fato E-Bomb 3.2 da Rip Curl e prémios da Polen Surfboards. O prazo de constituição das equipas encontra-se a decorrer até à hora do call para o primeiro dia de prova, sendo que os surfistas vão sendo disponibilizados à medida que se forem inscrevendo.

Comentários