Kanoa Igarashi e Griffin Colapinto são dois dos maiores nomes das suas gerações, dois surfistas que estão a evoluir muito a cada ano e em breve poderão estar ainda mais perto do topo do ranking. Mas recentemente eles, mais uma mão cheia de surfistas do QS, receberam a triste notícia de que terão de procurar outro treinador/mentor para os acompanhar na ascensão até ao topo.

Isto porque Jake “the Snake” Patterson se acabou de reformar como treinador. Este australiano fez parte do Championship Tour durante muitos anos, tendo inclusivamente vencido por 2x em Jeffreys Bay e uma em Pipeline, um feito que muitos consideraram acima do seu potencial. Talvez por ter realizado que tinha uma forte competitividade e uma grande capacidade de análise, Jake acabou por se dedicar, depois de passar alguns anos como team manager da Quiksilver, ao trabalho de treinador a tempo inteiro. Muitos surfistas passaram pelas suas mãos, quase todos surfistas da Quiksilver, como Ezekiel Lau, Leo Fioravanti, Marc Lacomare e Ramzi Boukhiam, mas as estrelas da equipa eram claramente Kanoa e Grffin, que muito creditam o seu sucesso ao trabalho com Jake.

Infelizmente, muito influenciado pelo facto de ter ficado vários meses sem trabalhar durante esta fase da pandemia, Jake Patterson optou por outro percurso na sua carreira, aceitou um cargo a tempo inteiro numa marca de cremes solares, a “We Are Feel Good”, deixando os seus pupilos livres para procurarem outro treinador. Esta é uma das consequências desta terrível fase que o mundo atravessa, algo cujo impacto na nossa indústria ainda não se consegue quantificar…

 

Comentários