John John volta às grandes performances | Rip Curl Pro Bells Beach

publicado há 3 anos por 0

RIP-CURL-PRO-BELLS-BEACH-DIA-6

Depois de vários resultados muito abaixo do que se espera, as capacidades de John John Florence como candidato ao título mundial estavam em causa. Enquanto isso, o seu rival Gabriel Medina segurava a liderança do circuito mundial, algo até aí inédito para esta geração. Mas tudo mudou no sexto dia de prova do Rip Curl Pro Bells Beach…

Florence parece ter aprendido uma importante lição no heat que teve com Tiago Pires no round 2, nem sempre é preciso arriscar muito para vencer. Mesmo sem explorar o mais arriscado do seu surf o havaiano pode vencer muitas baterias, guardando o progressivo para quando precisa mesmo. Foi o que fez no seu heat do round 3 contra Kai Otton. Mesmo assim o seu surf mais conservador significa soltar o tail em ondas de 2 metros (com muito off-shore) e dar aqueles seus belíssimos carvings, que foram o suficiente para avançar esta bateria de médias altas.

Horas mais tarde, quando defrontou Kelly Slater e Gabriel Medina no round 4, já o seu “aproach” foi outro. Na sua primeira onda com potencial John John terminou com um bom aéreo full rotation e pouco minutos depois fez outro, mais alto, mais “invertido” mesmo em frente a Medina. O resultado dessa onda foi uma nota 10, deixando os seus adversários combinados. Perto do fim Slater saiu da combinação mas não seria suficiente para passar directamente para os quartos de final.

Também Julian Wilson mostrou grande forma, colocando-se como um dos candidatos à vitória graças a outro grande aéreo. Aos quartos de final, juntamente com Florence, passaram Joel Parkinson, Mick Fanning e Taj Burrow, três surfistas que venceram no passado em Bells e que são adversários de peso neste evento. Já todos os outros, De Souza, Medina, Slater, Melling, Smith, Wilson, Patacchia e Wright, terão de lutar entre eles para chegar aos quartos de final.

Um novo call Rip Curl Pro Bells Beach deverá ser feito dentro de horas, acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários