Depois de alguns dias com condições bastante difíceis e atípicas para o que se espera de uma prova como o Volcom Pipe Pro, as ondas foram melhorando e a prova terminou com a chave de ouro. Este QS de 3.000 pontos não teve qualquer presença lusa mas vários surfistas europeus, como Marc Lacomare e Aritz Aranburu, representaram bem o velho continente.

Mais perto do fim da prova começou a ver-se um número bastante alto de notas excelentes, com destaque para as notas 10 de Sebastian Zietz e principalmente de Jack Robinson para Backdoor. Depois de muitos tubos chegaram à final dois australianos, um havaiano e um norte-americano.

Jack Robinson, o wonder boy do Oeste da Austrália, tinha sido o grande destaque ao longo da prova, sempre com médias muito altas e na final conseguiu fazer mais do mesmo. Mesmo sem ter feito a melhor onda e de ter recebido forte oposição de Barron Mamiya, que acabou em 2º lugar, Jack finalmente conseguiu uma vitória que o pode colocar no caminho de uma vaga para o Championship Tour de 2020. Em 3º lugar ficou Reef Heazlewood e em 4º Balaram Stack.

Entretanto, nas Canárias o Cabreiroa Las Americas Pro Tenerife teve um lay day devido à falta de ondas e está neste momento on-hold. Acompanha tudo em directo AQUI!!

Comentários