Estava tudo a postos para um final de carreira de sonho. Depois de bater Owen Wright nos quartos de final e Pat Gudauskas nas meias, ambos com alguma facilidade, estava tudo pronto para celebrar a 5º vitória de Mick Fanning no local onde venceu pela primeira vez, em 2001, como wildcard. Mais ainda, Mick sairia desta prova em primeiro lugar no ranking…

Mas Ítalo Ferreira tinha outros planos. O humilde goofy brasileiro destruiu Ezekiel Lau e serviu mais uma derrota a Gabriel Medina, tornando-se provavelmente no surfista com o maior recorde de vitórias sobre o ex-campeão do mundo. Ferreira nunca tinha vencido uma etapa e não era suposto vencer esta. Nos últimos 25 anos apenas se viu duas vitórias de goofies, Mark Occhilupo em 1998 e Matt Wilkinson em 2016. E em toda a história desta que é a mais antiga etapa do tour, apenas um brasileiro tinha vencido, Adriano de Souza, em 2013.

Ainda para mais, um leve on shore entrou no início da final e Mick Fanning estava a “voar” nas primeiras ondas, mostrando o seu surf ultra veloz e capitalizando com grandes manobras. Mas Ítalo não “papou” esse roteiro e decidiu fazer a sua própria sorte. Nas suas duas últimas ondas tratou de atacar o lip do bowl de Bells com grandes pauladões e snaps poderosos para chegar aos minutos finais na frente. Esperava-se que este local providenciasse mais uma onda épica para que Fanning saísse com a vitória, mas, aparentemente, o mítico campeão australiano já tinha gasto todos os seus “cartuchos” e foi Ítalo Ferreira quem saiu primeiro da água carregado nos ombros dos seus conterrâneos.

Minutos depois de Yago Dora e Willian Cardoso terem testado as suas forças até ao limite ao carregar o vencedor da água até ao topo da escadaria de Bells, uma segunda saída “vencedora” foi feita, com ainda mais apoio do publico e emoção. Mick saía da água depois de uma das mais incríveis carreiras da história do desporto! #cheersmick…

Também vencedora saiu uma espécie de Fanning em versão feminina, Stephanie Gilmore, que bateu na final a havaiana Tatiana Weston-Webb, voltando assim a ocupar a pole position do ranking.

Comentários