Hurley Pro | 12 Heats, 6 destaques | Dia 1

publicado há 2 anos por 0

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques

O primeiro dia do Hurley Pro foi exactamente como se esperava, carregado de acção. Podes rever todas as ondas, heat a heat, no heat analyzer AQUI mas a ONFIRE destaca 6 momentos que sobressaíram neste longo dia de competição.

1 – Filipe Toledo “tremeu”, mas os júris também foram “duros” no julgamento das suas ondas. Durante todo o ano criou-se uma expectativa enorme à volta da sua prestação neste evento, muitos apontando o jovem brasileiro como o mais provável candidato à vitória. Actualmente a família Toledo mora em San Clemente e Filipe treina regularmente em Trestles, a onda do tour que teoricamente mais se enquadra com o seu estilo de surf. Mas parece que esse “apoio” se transformou em pressão e o número 4 do tour surfou abaixo do seu nível. O que não quer dizer que tenha feito bom surf, a sua segunda onda foi cheia de manobras de alto risco já que até os snaps eram feitos a soltar o tail, mas a nota final não reflectiu esse factor. Será que os juris estavam à espera de algo tão especial que deixaram muita margem de manobra? O que é certo é que Adrian Buchan venceu a bateria com alguma margem, e Toledo “passou” para a repescagem onde terá pela frente o wildcard local Ian Crane.

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques-5

2 – Owen Wright é cada vez mais um legítimo candidato ao título. O que será melhor, ser fora de série num tipo de mar especifico ou ser “só” excelente em todo o tipo de condições? Um título da WSL não se atinge por vencer 2 ou 3 provas, principalmente se não se conseguir resultados sólidos em outros eventos. Wright destacou-se em Fiji e Teahupoo, conseguindo um 1º e um 3º e no round 1 provou que, mesmo não surfando tão rápido como outros surfistas de topo, a sua técnica é tão perfeita que poderá conseguir mais um grande resultado e, quem sabe, a lycra amarela da Jeep!

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques-3

3 – Mick Fanning vai ser a “pedra no sapato” de Owen, Julian e Adriano. Enquanto que estes três estão na disputa pelos seus primeiros títulos, Fanning vai para o seu 4º e tem toda a experiência e falta de pressão do seu lado. Quando este surfista começa a ganhar embalo é difícil de parar e se este seu primeiro round disse alguma coisa foi que é o “danger man” da disputa!

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques-4

4 – Ítalo Ferreira é muito mais que apenas um candidato ao prémio de rookie of the year. Pouco se falou ao longo dos anos de Ferreira mas a ideia geral era que seria mais um “truqueiro”, um mestre do QS que teria potencial limitado. Pensou-se tops do WCT do passado como Marcelo Nunes e Paulo Moura, que permaneceram muitos anos no tour que nunca se conseguiram adaptar ao calendário todo do circuito e usaram o QS como “salva vidas”. Mas não é isso que Ítalo Ferreira é. Apesar de ser um dos mais novos no circuito parece um veterano em quase todas as condições e o futuro poderá ser muito promissor. O seu backside no round 1 estava fenomenal e venceu com facilidade esta fase contra dois nomes muito bem cotados. Apesar de não ser referênciado como surfista de topo, pode surpreender qualquer um a qualquer momento.

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques-2

5 – John John parece pouco interessado. Pode ser a sua maneira de ser ou de surfar, mas o que é certo é que não parece ser o tipo de surfistas que perde o sono a pensar em pontos e títulos. É possível que Florence seja o melhor (e o mais bem pago) surfista da actualidade mas a diferença para os outros não é tão abismal que permita que lhe permita vencer sem ter “fome”! Mas acreditamos não será preciso muito mais do que um heat excelente para “acordar” e ganhar interesse.

Hurley-Pro-dia-1-2015-6-destaques-1

6 – Fred Patacchia reformou-se em pleno heat do round 1. Esse foi sem dúvida o grande momento do round 1. Medina parecia estar em vias de dar um pequeno “espancamento” aos seus adversários, mas “Freddy” provou que ainda tem muita “pujança” no seu surf. Quando apanhou uma das melhores ondas do dia deu algumas batidas e dois snaps poderosíssimo garantiu uma nota 10, a primeira do ano. Quando soube da sua nota Patacchia aproveitou o momento para se despedir do WCT, saindo da água num dos momentos mais emocionantes do ano! Podes ver a entrevista completa com Fred Patacchia sobre a sua reforma no vídeo abaixo.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários