Uma das ausências mais notáveis da etapa do circuito Pro Junior Europeu, o E.Leclerc Pont-l’Abbe Junior Pro La Torche, que decorre neste momento no Oeste de França é o nosso surfista mais bem rankeado nesse circuito, Guilherme Ribeiro.

Mas a sua ausência é por uma boa razão, o super talento da Caparica encontra-se do outro lado do mundo, na Nova Zelândia, onde disputou a final internacional do Rip Curl GromSearch, uma prova reservada apenas a surfistas com 16 anos ou menos, qualificados de cada uma das mais importantes regiões. A prova realizou-se no mítico point break de Raglan, que é uma das ondas mais longas do planeta.

Ribeiro não conseguiu chegar à final mas representou bem o nosso país e o continente Europeu. Apesar de ter feito uma média muito alta, Guilherme perdeu o seu primeiro heat, contra o norte-americano Cole Houshmand. Na fase seguinte este surfista de 15 anos faria uma das melhores médias da prova, 16.8 pontos nas suas duas melhores ondas, eliminando o indonésio Kona Eru.

Nas meias finais o português voltou a mostrar bom surf, mas acabou por ser batido por muito pouco por Cole Houshmand (novamente) e Finn Hill, da Austrália, acabando num sólido 5º lugar! Os grandes vencedores foram Xavier Huxtable, da Austrália, na categoria masculina e Keala Tomoda-Bannert, do Havai, na feminina.

 

Comentários