Grant Baker vence Puerto Escondido Challenge

publicado há 7 meses por 0

grant-baker-vence-puerto-escondido-challenge

O Puerto Escondido Challenge é uma das etapas do Hemisfério Sul do circuito de ondas grandes da WSL. Também conhecida com Mexican Pipeline, a onda do evento é um dos beach breaks mais pesados do mundo, com picos perfeitos mas numa escala que está no limite do que é surfavel.

Depois de vários dias em alerta amarelo, alguns dos mais atirados surfistas do planeta chegaram ao México para disputar esta importante etapa. 24 surfistas estavam na primeira fase desta prova e o grande destaque foi a vitória surpreendente de um surfista pouco conhecido no mundo das ondas grandes.

Apesar de já correr este circuito há alguns anos, Will Skudin nunca tinha conseguido resultados muito expressivos, mas começou a prova com uma vitória sobre alguns dos nomes mais cotados do tour, como Grant Baker, Billy Kemper e Damien Hobgood.

Ainda nesta fase Jamie Mitchell conseguiu a primeira nota 10 do evento, graças a um tubo “habilidoso” de backside. Nas meias finais Jamie não conseguiu repetir a performance e foi eliminado enquanto que Grant Baker e Makua Rothman venceram as suas baterias e passaram para a final à frente de Will Skudin, Greg Long, Pedro Calado e Carlos Burle.

Esta final de 6 tinha 4 campeões deste circuito mas um dos favoritos Rothman, excluiu-se da “equação” muito cedo. Makua parecia estar a tentar reproduzir o 10 de Mitchell, mas a onda não perdoou, e o havaiano saiu da água em sofrimento e não regressou.

Quem conseguiu uma nota perfeita foi Grant Baker, que fez um tubo para a direita incrível, e conseguiu vencer a prova. Em segundo ficou Greg Long, seguiod de Pedro Calado, Carlos Burle, Will Skundin e Makua Rothman.

Este circuito passa para o Hemisfério Norte entre 15 de Outubro a 28 de Fevereiro de 2017 e poderá passar pela Nazaré, que este ano pela primeira vez entrea neste circuito.

Comentários