Gilmore vence em Cascais mas o disputa pelo título segue para o Havai

publicado há 3 anos por 0

CASCAIS-WOMENS-PRO-2014-DIA-5

Mais uma vez as melhores surfistas do mundo, as 8 que ainda estavam em prova, deslocaram-se à Praia da Bafureira para disputar a vitória do Cascais Women’s Pro. As ondas estavam com meio metro “sólido”, sets ligeiramente maiores e boa formação da parte da manhã. No entanto esta onda pode ser bastante traiçoeira para quem não a conhece bem pois obriga a uma excelente leitura e transição perfeita do outside para as secções que fecham no inside.

Carissa Moore foi uma surfista que não se adaptou bem às condições, parecendo um pouco mais “pesada” do que é normal nas suas curvas enquanto que Malia Manuel era a “leveza em pessoa”, transitando de manobra para manobra com mais “graça” que a sua conterrânea e venceu a bateria. Logo de seguida Sally Fitzgibbons mostrou bastante sintonia com o pico, surfando mais solta que as havaianas e conseguindo manobrar em secções que não tinha sido exploradas no heat anterior, eliminando assim Courtney Conlogue.

A 10 minutos do fim do 3º heat do dia ficou patente que o título mundial não seria decidido neste dia, pois Tyler Wright mostrou-se muito superior a Johanne Defay, vencendo o heat e garantindo o 3º lugar que precisava para se manter na disputa. Stephanie Gilmore fez bem em começar o heat com uma onda excelente pois, mesmo mostrando-se mais em forma no resto do heat, Lakey Peterson não teve grandes oportunidades de dar uma resposta à altura com a maré a ficar cada vez mais cheia e as ondas mais inconsistentes. A norte-americana acabou por ser eliminada e pouco depois a prova parou.

Da parte da tarde, com mais ondas e mais vento, as meias finais foram para a água e Sally Fitzgibbons esperou 12 minutos pela sua primeira onda mas fê-la valer, com vários carves, recendo uma nota de 8 pontos. Uns minutos depois faria o mesmo e recebeu outro 8, garantindo uma liderança sólida. Malia Manuel respondeu com uma onda parecida, mas foi tarde e insuficiente.

Gilmore provou que, mesmo que seja no Havai, quer o seu 6º título mundial e derrotou Tyler Wright nas meias e Fitzgibbons na final. Com o resultado garantiu a liderança do circuito e colocou-se numa excelente posição para cumprir o seu objectivo no Target Maui Pro, última etapa do circuito.

Comentários