A previsão para o Oi Rio Pro era de ondas excelentes na quinta-feira, primeiro dia do período de espera, e no sábado, mas havia também boas condições na sexta-feira, e a prova avançou.

O dia começou com a prova feminina, onde a grande surpresa foi a eliminação da australiana Nikki Van Dijk perante Taina Hinkel e Sally Fitzgibbons e ainda da rookie que se encontrava no top10, Brisa Hennesy.

Seguiu-se a prova masculina em ondas novamente de metro e meio mas com alguns sets maiores e algum vento. Eliminado logo no primeiro heat foi o vencedor dos trials, Alex Ribeiro, enquanto no heat seguinte um nome surpreendente foi destaque. Krystian Kymerson ficou em segundo nos trials e só teve acesso à prova no round 2, devido à ausência por lesão de outro wildcard, Mateus Herdy. Kymerson é um dos mais progressivos do Brasil e aproveitou as esquerdas de Saquarema para fazer algumas manobras explosivas e aéreos para dominar a bateria, deixando Jordy Smith em segundo lugar e eliminando Adrian Buchan.

Assim que a segunda bateria eliminatória chegou ao fim, algumas baterias do round 3 foram definidas, incluindo a de Frederico Morais. O português terá como adversário Ítalo Ferreira, na 5ª bateria da 3ª fase. Ferreira é o actual 3º classificado do ranking e o favorito para vencer o confronto. No entanto, quando Frederico Morais está no seu melhor consegue bater qualquer um e é um adversário que Ítalo, um candidato ao título mundial, seguramente não irá subestimar.

Notícia em actualização…

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários