Frederico Morais perde por pouco no round 1 do Billabong Pipe Masters

publicado há 5 meses por 0

frederico-morais-no-round-2-do-pipe-masters

Com uma previsão pouco promissora para os dias que se seguem no período de espera do Billabong Pipe Masters, a prova arrancou com condições com qualidade abaixo do que se esperava.

As ondas não chegavam aos dois metros e os tubos eram quase inexistentes, fazendo deste dia do Pipe Masters uma prova de manobras. Foi assim que se estreou o segundo português a competir nesta prova, Frederico Morais, que estava no heat 3 contra Matt Wilkinson e Nat Young.

Matt e Nat foram os primeiros a pontuar, mas em ondas de pouca consequência e nenhuma dessas primeiras ondas passou dos 2.8 pontos. Já Morais esperou um pouco mais e fez uma boa rasgada, uma batida e um reentry, recebendo apenas 4,17 porque a onda era pequena. Pouco depois apanhou mais uma onda e fez uma boa rasgada e uma manobra na junção a soltar o tail para receber a nota de 3.2 e passar para a frente. Young respondeu com uma onda um pouco maior, com quatro manobras pouco impressionantes, recebendo 5.27 pontos e passando para primeiro lugar no heat.

Foi Wilko quem atacou de seguida com uma direita com uma boa batida de backside e uma boa finalização. Na onda seguinte Kikas atacou o lip com uma batida e de seguida um snap, mas acabou por cair na finalização e apenas pontuou 3.63, o que não chegou para passar para a frente. Morais manteve-se activo mas muitas das suas ondas eram pequenas. Mesmo assim com uma direita de manobras fortes apenas conseguiu a nota de 5.27 conseguiu voltar à liderança.

Entretanto Young passou para primeiro e Wilkinson para segundo, deixando o português a precisar de uma onda de 6.60. A 3 minutos do fim finalmente apanhou uma onda mais pesada e com 3 manobras fortes fez a nota de 8 pontos e voltou para a frente. Infelizmente Matt Wilkinson conseguiu virar o resultado na última onda e mandou Nat e Frederico para o round 2.

Acompanha o resto da prova em directo AQUI!

Comentários