O Abanca Galicia Classic Surf Pro continuou a avançar mesmo depois do fim do round 3, entrando no round 4 da prova masculina.

O destaque da fase foi sem qualquer dúvida o top do Championship Tour, Deivid Silva, que conseguiu a qualificação para a fase seguinte graças a um altíssimo alley oop que lhe rendeu uma nota de 9.40 para passar em segundo lugar atrás de Jake Marshall.

Frederico Morais tinha como adversários Caleb Tancred e Imaikalani deVault no heat 4 da fase, a última bateria do dia. Apesar de ficado perto de acertar um aéreo de backside impressionante, foi nas direitas que Morais fez as suas notas. Com os seus “combos” e boas finalizações Frederico chegou a estar à frente mas Caleb estava com um approach mais progressivo e, também nas direitas, fez um par de notas de 7 pontos para passar para segundo lugar.

A 10 minutos do fim Kikas precisava de 8.77 para primeiro e DeVault precisava de 5.98 para segundo, deixando tudo em aberto para a recta final. Com um bom carve e um grande reentry para a direita, “Freddy” recebeu uma nota de 7,73 e complicou o percurso do havaiano, que ficou a precisar de 9.03 pontos para virar o resultado a seu favor.

A situação não mudou até ao fim do heat e o português seguiu em frente, garantindo assim pelo menos 3.700 pontos, o seu melhor resultado do ano em termos de pontos. O seu próximo adversário será um dos surfistas mais em forma desta prova, Jake Marshall, no heat 3 dos oitavos de final man-on-man.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários