O português do Championship Tour estava pronto para competir na sexta-feira que passou, encontrando-se à borda de água com fato e lycra vestida quando a prova foi parada.

Novas chamadas foram feitas no dia seguinte, sábado, segunda-feira e terça em Carcavelos, mas os fundos e a direcção do swell não ajudaram e os melhores do mundo voltaram para o Guincho.

Frederico Morais estava no heat de estreia do dia e tinha como adversários o brasileiro Tomás Hermes e o seu companheiro de equipa, Ethan Ewing. As ondas estavam com cerca de metro e meio nos sets, algum vento on-shore e muitas “fechadeiras”, entre outras ondas com algum potencial.

Kikas foi o primeiro a fazer uma onda, uma esquerda com um snap forte e um reentry na secção final, para garantir 5.17 pontos. Ewing respondeu com uma esquerda também com duas manobras e mesmo tendo trocado o reentry por uma batida, mostrou um surf mais conservador e apenas recebeu 3.83 pontos. A sua segunda onda, uma direita, foi um pouco melhor e foi recompensado com a liderança, deixando Morais a precisar de apenas 2.93 para primeiro.

Hermes apanhou a sua primeira onda ao fim de 12 minutos e terminou com a melhor finalização até esta fase do heat, entrando na disputa com uma nota de 6.17 e empurrando Frederico para 3º lugar. Depois de algumas ondas fracas, Morais voltou à liderança com mais um dos seus combos, batida e reentry para a esquerda, recebendo 5.5 pontos.  A 11 minutos do fim Ethan precisava de uma nota de 6.4 e Hermes 1.93 (para º2 lugar).

Entretanto Tomas e Ethan alternavam no segundo lugar, enquanto que Morais aumentava a distância para o primeiro com mais uma onda de duas manobras, esta terminada com um snap fortíssimo no lip.  Também Hermes se conseguiu distanciar no segundo lugar com uma onda forte mas, no último minuto Ewing a precisar de uma nota de 6.57 fez a sua melhor onda. Ewing surfou-a bem mas falhou a última manobra e acabaria por não ser suficiente para roubar o segundo lugar, o que ditou a sua eliminação.

Frederico segue então para o round de 16, uma fase man-on-man onde terá, no mínimo, um 9º lugar garantido. O seu adversário será outro top do Championship Tour, Leonardo Fioravanti, no heat 5, uma bateria que já não será realizada hoje.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários