Frederico Morais termina em 9º lugar no Australian Open

publicado há 2 meses por 0

FREDERICO-MORAI-TERMINA-EM-9LUGAR-NO-AUSTRALIAN-OPEN

O dia 8 do Australian Open of Surfing começou com o round 4 masculino. As ondas estavam bastante maiores que no dia anterior com a formação muito afectada pelo forte vento on-shore e a deteriorarar-se mais a cada heat.

Frederico Morais estava no terceiro heat do dia, contra um surfista que fez parte do Championship Tour no ano passado, Alex Ribeiro, e um competidor que será wildcard na primeira etapa deste ano, o aussie Mikey Wright. Entre os 3, apenas 2 passariam à fase seguinte e o português estava de olho numa das duas primeiras posições, depois de perder precisamente nesta fase em Newcastle.

Alex foi o primeiro a “conectar” uma onda toda, com manobras fortes desde o outside, com uma forte finalização numa junção pesada, garantindo a nota de 7.33 pontos. A meio da bateria essa era a única onda com pontuação acima dos 3 pontos já que praticamente todas as ondas acabaram em quedas ou os surfistas desistiram delas por falta de potencial.

Morais e Wright alternaram no segundo lugar até Frederico finalmente conseguir fazer uma onda completa, com um bom cutback e um reentry, para receber 4.67 e solidificar a sua presença numa vaga de qualificação. Pouco depois fez mais do mesmo mas com uma finalização mais pesada, para receber 6.33 e deixar o caçula dos Wright a precisar de 8.17.

Nos minutos finais Mikey tinha a prioridade e Morais fez questão de ficar por perto, possivelmente para o obrigar a usar a prioridade e garantir a sua vaga no round seguinte. O aussie acabou por fazer uma onda boa, com um forte snap e um reentry abusado, mas só recebeu 7.83 pontos. Nos últimos segundos ainda tentou um aéreo arriscado e caso tivesse acertado provavelmente teria recebido a nota que precisava para passar, mas caiu e foi eliminado.

Para Morais foi mais uma performance sólida, provando estar numa fase excelente a nível competitivo. O surfista do Guincho segue para o round de 16, onde terá como adversário Mitch Crews no heat 4, uma bateria man-on-man.

A prova seguiu pela categoria feminina, regressando depois ao round 5 masculino. Entretanto as ondas aumentaram e limparam bastante, já que o vento on-shore rodou para off-shore. As condições favoreciam Frederico Morais no seu confronto com o ex-top do CT, Mitch Crews, mas o australiano estava inspirado. Kikas fez duas ondas fortes mas Mitch respondeu com duas ondas excelentes, 8.17 e 9.40, para deixar o português em combinação e eventualmente eliminado. Morais sai desta prova com um 9º lugar mas a sua campanha australiana ainda está a começar.

Acompanha o resto da prova em directo AQUI!

Comentários