As ondas desceram, o vento entrou e a água “gelou” para o dia 3 do Abanca Galicia Classic Surf Pro, prova QS 10.000 com categorias masculina e feminina realizada na praia de Pantin, Galicia, Espanha.

A prova começou mal para os portugueses, com as 3 representantes na categoria feminina a cair entre os rounds 1 e 2. Também a prova masculina começou mal, com a derrota no round 1 de Miguel Blanco, uma bateria onde o surfista da Linha do Estoril chegou a liderar.

As condições não favoreciam o próximo português na água, Frederico Morais, que tinha como adversários Deivid Silva, Billy Stairmand e Thomas Debierre. A grande disputa da bateria foi entre dois surfistas que já se encontraram numa bateria no Championship Tour este ano, Silva e Morais, que fizeram várias notas fortes a longo da bateria. Foi Billy quem fez a melhor nota do heat, 7 pontos, mas faltou-lhe um back up mais forte. Contas feitas foi Deivid quem acabou cerca de meio ponto à frente de Frederico para terminar em primeiro lugar, com o português em segundo e Stairmand em terceiro a precisar de uma nota 5.03 pontos e Debierre em quarto.

Os grande performers da manhã foram Connor O’Leary e Mihimana Braye, com uma nota excelente cada. Já Vasco Ribeiro terá de esperar pelo próximo dia de prova para se estrear, no heat 20 do round 2.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Heats com portugueses
Round 2
Heat 20 | Griffin Colapinto x Wiggolly Dantas x Vasco Ribeiro x Cooper Chapman

Round 3
Heat 5Jacob WillcoxGatien Delahaye x Ian Gouveia x Frederico Morais

 

Comentários