Frederico Morais no round 2 em Margaret River

publicado há 1 mês por 0

FREDERICO-MORAIS-NO-ROUND-2-DO-DRUG-AWARE

Depois de vários calls, enquanto a maré acertava, o Drug Aware Margaret River Pro estreou um novo pico no tour, North Point. As ondas estavam com muito bom aspecto, mas faltou ao longo do dia um pouco mais de consistência e muitos heats tiveram poucas onds surfadas e médias baixas.

O primeiro heat prometia muito pois defrontava Kelly Slater, Mick Fanning e Leonardo Fioravanti e foi o 11x campeão do mundo que venceu, com uma média de 8.07. As primeiras notas fortes do dia foram três tubos, da autoria de Kolohe Andino, Jesse Mendes e Jordy Smith, que chegaram para vencer os seus heats mas não seriam suficientes para chegar na “casa” do excelente.

Frederico Morais estava no heat 6 contra John John Florence e Jacob Willcox e foi o português quem deu o primeiro tubo da bateria, apesar de ter sido uma nota baixa, 2,83. Mesmo assim Morais liderou a primeira metade heat e a 15 minutos do fim o wildcard só tinha notas ainda mais baixas e o campeão do mundo ainda não tinha surfado qualquer onda. Foi a 11 minutos do fim que John John apanhou a sua primeira onda e fê-la contar, com um bom tubo e um snap poderoso, o que lhe deu 7.17 e a liderança.

Kikas que entretanto caiu para 3º lugar e tinha a prioridade mas já estava a precisar de uma nota de 6.22. Nesta altura John John Florence apanhou várias ondas, mas nada de consequência e o luso acabou por perder a sua vantagem numa onda fraca. Para complicar, o havaiano melhorou o seu back up com uma nota de 6.5 graças a um aéreo reverse full rotation, deixando os seus adversários em combinação. A bateria chegou ao fim sem mais ondas de consequência serem surfadas, e Frederico Morais acabou por cair para o round 2, que provavelmente será realizado no slab, The Box.

A grande surpresa do dia foi o rookie Ian Gouveia no heat seguinte. Numa bateria 100% goofy, o brasileiro tinha pela frente o líder do ranking, Owen Wright, e o melhor rookie na etapa anterior, Connor O’Leary mas não se deixou intimidar e com um grande tubo de backside garantiu a melhor nota do dia, 8 pontos, e uma vaga no round 3.

Apesar de ter sido um dia um pouco abaixo das expectativas, a primeira fase acabou com um grande momento. O vencedor desta prova no ano passado, Sebastian Zietz, liderava o seu heat contra Filipe Toledo e Ethan Ewing quando fez um tubo que parecia impossível de sair e que lhe garantiu a única nota 10 do evento até aqui.

Heats do round 2
Heat 1: Gabriel Medina x Jacob Willcox
Heat 2: Matt Wilkinson x Nat Young
Heat 3: Owen Wright x Ezekiel Lau
Heat 4: Joel Parkinson x Leonardo Fioravanti
Heat 5: Adriano de Souza x Jadson Andre
Heat 6: Joan Duru x Filipe Toledo
Heat 7: Bede Durbidge x Josh Kerr
Heat 8: Conner Coffin x Ethan Ewing
Heat 9: Adrian Buchan x Frederico Morais
Heat 10: Connor O’Leary x Wiggolly Dantas
Heat 11: Mick Fanning x Kanoa Igarashi
Heat 12: Stuart Kennedy x Miguel Pupo

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários