Como previsto o Margaret River Pro arrancou logo no primeiro dia do período de espera com boas ondas a rondar o metro e meio, inicialmente com um forte vento off shore.

Foi a prova feminina que abriu este dia de prova e os destaques foram Carissa Moore, Coco Ho, Courtney Conlogue, Tatiana Weston-Webb e Lakey Peterson enquanto que Johanne Defay surpreendeu pela negativa ao cair para o round 2.

Nos primeiros heats da prova masculina os competidores pareciam ainda a estar a ganhar ritmo, como foi visível pelas médias dos confrontos iniciais. Frederico Morais encontrava-se na quarta bateria da primeira fase e tinha como adversários dois surfistas que conhece bem, o seu companheiro de equipa da Billabong, Ítalo Ferreira, e um adversário de longa data, Joan Duru. Foi uma bateria muito equilibrada onde se viu bom surf da parte de todos os competidores. Morais fez os seus já conhecidos “combos” de batidas no lip e carves mas as secções eram apertadas para colocar o rail com toda a pressão e as notas saíram ligeiramente abaixo do que precisava. Joan e Ítalo aproveitaram bem o facto de estarem a surfar de backside para ter um approach mais compacto, o que empurrou Kikas para a repescagem.

 

 

Os destaques do dia foram surfistas como Gabriel Medina, Filipe Toledo, Jordy Smith e, talvez o mais surpreendente, Jesse Mendes, que surfou no fim do dia, já com condições mais “glassy” e mostrou que está a evoluir muito no tour. Já outros nomes de quem se esperava mais, como Slater, Buchan, Bourez, Freestone e Ibelli, terminaram em 3º lugar e juntam-se a Morais no round 2. A prova estará em stand by esta noite (hora portuguesa) mas a previsão para os dias que se seguem é de ondas excelentes.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Heats do round 2
Heat 1: Wade Carmichal x Jack Freestone x Jack Robinson
Heat 2: Michel Bourez x Leonardo Fioravanti x Jacob Willcox
Heat 3: Willian Cardoso x Yago Dora x Frederico Morais
Heat 4: Adrian Buchan x Kelly Slater x Caio Ibelli

Comentários