Depois de vários lay days o Tahiti Pro Teahupo’o, sétima etapa do Championship Tour de 2019, começou com ondas pequenas e tubos “apertados”.

Seria um dia de oportunidades para surfistas com seeding baixo, que aproveitaram as fracas condições para surpreender os top seeds. Foi o que se viu logo no primeiro heat, que foi vencido pelo underdog australiano, Soli Bailey, com Gabriel Medina em segundo lugar enquanto que outro brasileiro Peterson Crisanto surfou apenas uma onda e acabou com uma média de 0.77 pontos. Também Jordy Smith, caiu para o round 2, numa bateria muito fraca contra Adrian Buchan e Jadson André.

Outro que não se encontrou foi Sebastian Zietz, que fez um par de notas baixas, perdendo para Ítalo Ferreira e o vencedor dos trials, Kauli Vaast. O ex-campeão Europa eu Pro Junior, Vaast, foi o único wildcard a passar directo ao round 3, já que Tyler Newton e Matahi Drollet ficaram prejudicados pela falta de tubos.

Frederico Morais encontrava-se no sétimo heat do dia contra Kelly Slater e Deivid Silva, uma bateria com muitas ondas surfadas nos primeiros 6 minutos. Deivid foi quem arrancou melhor, com uma onda com um tubo e uma série de manobras e outra com um tubo mais intenso para pontuar 4.93 e 3.83 pontos. Com duas manobras fortes de backside, snap e reentry, Morais fez uma nota de 3.77, ficando a precisar de 4.99 para primeiro, enquanto que Slater estava em 3º lugar, a precisar de menos de 2 pontos para segundo. Depois de uma boa batalha de remada vencida pelo português, Frederico aproveitou a prioridade para fazer mais uma nota de 4.23, com várias manobras bem encaixando criando mais espaço entre ele e o 11x campeão mundial. Morais conseguiu recuperar a primeira prioridade mas isso não chegou para impedir Slater de apanhar a melhor onda do heat para fazer um bom tubo e passar para primeiro lugar. Frederico passou assim para 3º lugar mas precisava de apenas 4.54 para roubar o segundo lugar de Silva. Infelizmente não apareceu mais qualquer onda com potencial e a situação não mudou, deixando o luso a lutar por uma vaga no round 3 através da fase de repescagem.

 

 

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários