As boas condições que se apresentavam para o dia 1 do Corona Bali Protected não deixaram dúvidas em relação ao arranque da prova e logo cedo o primeiro heat estava na água.

As ondas estavam tão perfeitas como se esperava, pecando ligeiramente na quantidade de sets que permitiam fazer notas altas. O primeiro destaque do dia foi Owen Wright, que deu um grande tubo de backside para conseguir a primeira nota na “casa” dos excelnte, vencendo o heat com facilidade. John John Florence parece ter aproveitado esta etapa para voltar às grandes performances, dominando o heat com duas ondas incríveis.

Julian Wilson, Jordy Smith e Griffin Colapinto também venceram os seus heats de forma devastadoras com tubos, carves e aéreos respectivamente. Mas muito outros heats foram decididos com notas fracas, como foi o caso do confronto entre Gabriel Medina, Barron Mamiya e Tomas Hermes. Cada um dos três surfistas surfou apenas duas ondas e o vencedor foi Medina, com notas de 3.60 e 2 pontos.

O heat de Frederico Morais foi só ligeiramente melhor. Kikas fez a melhor onda do heat, um 4.67 mas Willian Cardoso foi mais consistente, vencendo a bateria com notas e 3.77 e 4.07. No fim Morais apenas precisava de uma nota de 3.17 pontos para vencer o heat mas acabou em segundo lugar, à frente de Wade Carmichael.

Por realizar ficou o último heat da fase e todo o primeiro round feminina, onde se encontram mais cores lusas na presença de Carol Henrique. Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI.

Prova feminina
Heats do round 1
Heat 1: Tyler Wright (AUS), Johanne Defay (FRA), Coco Ho (HAW)
Heat 2: Tatiana Weston-Webb (HAW), Caroline Marks (USA), Bronte Macaulay (AUS)
Heat 3: Stephanie Gilmore (AUS), Sage Erickson (USA), Carol Henrique (PRT)
Heat 4: Lakey Peterson (USA), Keely Andrew (AUS), Paige Hareb (NZL)
Heat 5: Carissa Moore (HAW), Silvana Lima (BRA), Courtney Conlogue (USA)
Heat 6: Nikki Van Dijk (AUS), Sally Fitzgibbons (AUS), Malia Manuel (HAW)

Comentários