O ano competitivo de 2019 de Frederico Morais foi longo e cheio de resultados históricos e 2020 promete ser ainda melhor. Kikas prepara-se para a sua terceira temporada a tempo inteiro no Championship Tour e, a meio do ano, terá ainda os jogos olímpicos, onde irá disputar a medalha de ouro com os melhores surfistas da actualidade.

No entanto o seu ano competitivo começa já no fim de Janeiro, com o Pro Taghazout Bay, prova de 5.000 pontos realizada no mítico point break de Ancre Point, em Marrocos. Frederico conhece bem esta onda que, além de mostrar semelhanças às nossas Ribeira D’Ilhas e Coxos, foi um destino onde surfou muitas vezes ao longo dos anos. As longas direitas deste pico são perfeitas para abrir o ano com um resultado sólido.

Mas Morais não é o único surfista luso com experiência nas ondas marroquinas, também Vasco Ribeiro e Miguel Blanco conhecem bem Ancre Point e estão inscritos nesta prova. Mas a presença lusa em Marrocos não se resume a três surfistas apenas, Pedro Henrique, Eduardo Fernandes, Pedro Coelho, Gonçalo Vieira, Afonso Antunes, Diogo Martins, Guilherme Fonseca, Sidney Guimarães e Francisco Carrasco compõem um das mais numerosas prestações portuguesas numa prova da WSL fora da Europa.

O Pro Taghazout Bay realiza-se entre 25 de Janeiro e 1 de Fevereiro em Taghazout, Marrocos. Acompanha tudo em directo AQUi!

Comentários