Camarão vence final 100% brasileira no Pantin Classic Galicia Pro | Henrique em 3º, Ruben em 5º

publicado há 2 anos por 0

PANTIN-CLASSIC-2015-DIA-6-D

Já terminou a 28º edição do Pantin Classic Galicia Pro e no derradeiro heat só se falava português. Para este dia estavam reservados apenas 7 heats e em prova estavam dois portugueses, três brasileiros, dois bascos e um espanhol.

As ondas estavam com melhor formação que no dia anterior mas o forte vento off-shore dificultava muito o trabalho dos surfistas, limitando o potencial de manobras mais arriscadas na parede.

Ruben Gonzalez estava no primeiro heat do dia e o seu adversário era o basco Ethan Egiguren. Foi uma batalha muito equilibrada mas quando Ethan marcou 8.17, na sua penúltima onda, deixou Ruben a precisar de uma nota alta e por mais que tenha tentado não apareceu nada com esse potencial e foi eliminado.

PANTIN-CLASSIC-2015-DIA-6-b

Do outro lado da grelha estava Pedro Henrique que apanhou uma hora da maré ainda mais difícil. Pedro deve ter estado atento às condições pois fez questão de capitalizar logo no início do heat, conseguindo aí a nota que fez a diferença na sua vitória contra Victor Bernardo.

A prova entretanto parou para deixar a maré “dar a volta” e começou com bateria das meias finais que defrontava Thiago Camarão e Ethan Egiguren. Mesmo não sendo o melhor rankeado do evento Camarão mais uma vez mostrou que tem potencial de chegar ao WCT pois apesar de ser mais pesado que a média conseguiu dar a volta ao resultado e vencer o heat com uma nota de 7.17 perto do fim.

O heat de Deivid Silva contra Pedro Henrique foi um dos melhores e mais disputados de todo o campeonato. Ambos são goffies e excelentes surfistas em ondas pequenas, fazendo as condições parecerem melhores. Infelizmente para “Pedrinho”, Deivid esteve sempre um pouco mais dentro do ritmo das melhores ondas e não desperdiçou qualquer oportunidade. No fim marcou 9 pontos numa esquerda do set e deixou o ex-campeão mundial júnior a precisar de uma nota excelente, o que culminou no seu eventual 3º lugar no evento.

PANTIN-CLASSIC-2015-DIA-6-c

Mas mesmo sem vencer este não deixa de ser um grande resultado para o recentemente naturalizado português, que irá subir mais uns lugares no ranking e garantir a sua vaga nos próximos eventos QS com 10.000 pontos.

A final, Thiago Camarão VS Deivid Silva, foi bastante disputada mas no fim foi o mais experiente, Camarão, quem levou a taça e os 1.500 pontos no ranking QS!

Comentários