Favoritos seguem para o dia final do Allianz Ericeira Pro by DaKine

publicado há 1 ano por 0

FAVORITOS-SEGUEM-EM-FRENTE-NO-ALLIANZ-ERICEIRA-PRO-2016

Depois de dois dias de muita acção na primeira etapa da Liga MOCHE, os cerca de 80 competidores inscritos foram “afunilados” a apenas 8 na categoria masculina e 4 na feminina.

Antes do Allianz Ericeira Pro by DaKine ter começado a ONFIRE apontou para 5 nomes como os principais candidatos à vitória, sendo que 4 deles estão entre os últimos 8 ainda em prova. E se Vasco Ribeiro era uma aposta “fácil” para principal candidato, tendo efectivamente vencido todos os seus heats com grande destaque, os outros nem sempre dominaram as suas baterias.

Tiago Pires era um deles e no primeiro dia tinha mostrado que ainda não estava a 100%, só surfando algo perto do seu verdadeiro nível na sua última onda. Neste segundo dia de prova Saca mais uma vez encontrou algumas dificuldades, passando o seu heat do round 2 em segundo lugar. O que surpreendeu neste resultado não foi o vencedor, já que essa posição ficou com Guilherme Fonseca, que nesta prova tem estado inspiradíssimo. Depois de bater o melhor surfista português de todos os tempos, “Gui” tratou de dar muito trabalho a 3 dos melhores goofies, Marlon Lipke, Francisco Alves e Filipe Jervis. No fim dessa bateria Marlon fez uma onda excelente e passou para primeiro enquanto que Fonseca, apesar do ataque de Francisco Alves, que ficou a 0.05 do segundo lugar, seguiu para o man-on-man. Voltando à prestação de Tiago Pires, o que surpreendeu foi o facto dos seus adversários eliminados terem ficado tão perto, Ivan Bailote só precisava de 6.06 e Paulo Almeida de 7.15.

No entanto, quando foi preciso, Tiago surfou mais perto do seu nível. No round de 16 tinha como adversários Gony Zubizarreta, Miguel Blanco e João Kopke, todos surfistas que tinham sido destaques nas fases anteriores. O galego, Gony, é mesmo um dos maiores destaques do evento e venceu com notas de 8.25 e 9, ficando assim com um olho na vitória. Saca, por sua vez, fez exactamente o que precisava para passar com autoridade, pontuando 9.35 na sua última onda e deixando Miguel, outro nome apontado pelo ONFIRE como sério candidato à vitória, eliminado juntamente com Kopke.

Tomás Fernandes, também apontado como candidato, mostrou autoridade no seu home break, mas no round 2 passou atrás de Pedro Henrique, um surfista que, juntamente com Marlon Lipke, tem potencial de fazer a primeira vitória goofy na etapa de Ribeira D’Ilhas da Liga MOCHE. No round de 16 Fernandes já teve uma prestação mais de “contender”, vencendo um heat carregado de talento. Com notas de 9 e 6.75 Tomás passou em primeiro, seguido de outro surfista que está na mira para vencer, Zé Ferreira, eliminando o destaque do primeiro dia, João Guedes, e ainda Vasco Mónica. Este último foi uma das surpresas do dia e faz parte do grupo de “Young Guns” que surpreenderam neste evento juntamente com “Neco” Pyrrait e João Moreira, todos surfistas que se tinham qualificado para o round e 16.

Na prova feminina a surpresa da primeira fase foi a jovem Francisca Veselko. Esta surfista de 13 anos é competidora deste circuito de segunda geração e promete um dia dominar. Neste dia de prova “Kika” quase venceu o seu heat do round 1, perdendo por muito pouco para a local Carina Duarte mas passando num sólido segundo lugar. No heat seguinte foi eliminada mas o recado está dado. Ás meias finais man-on-man, um formato que se estreia na categoria feminina neste circuito, chegaram as 4 surfistas mais em forma dos últimos tempos e as próximas baterias prometem muita acção.

Acompanha esta o próximo dia de prova em directo a partir das 8 da manhã, AQUI!

Heats dos quartos de final masculinos:
Heat 1: Gony Zubizarreta x Guilherme Fonseca
Heat 2: Marlon Lipke x Tiago pires
Heat 3: Vasco Ribeiro x Zé Ferreira
Heat 4: Tomás Fernandes x Pedro Henrique

Heats das meias finais femininas:
Heat 1: Carol Henrique x Carina Duarte
Heat 2: Teresa Bonvalot x Camilla Kemp

Comentários