Fanning vence em Bells e passa para a frente

publicado há 2 anos por 0

rip-curl-pro-bells-beach-dia-9

Apesar de ainda haver mais alguns dias pelas frente no período de espera do Rip Curl Pro Bells Beach o call foi feito cedo e dentro de horas seria coroado um novo campeão.

As ondas rondavam os dois metros com algum vento mas, em comparação com o dia anterior de prova, as condições estavam muito boas. O primeiro heat do dia era uma batalha 100% brasileira, Medina VS De Souza. Foi Gabriel quem quebrou novas barreiras para o seus conterrâneos, conquistando vitórias onde a bandeira verde e amarela não tinha sido vista no topo do pódio, mas a “barreira Mineirinho” ainda está por quebrar. O actual campeão mundial nunca bateu o veterano brasileiro numa bateria man-on-man no WCT e também não foi desta. Foi um heat de poucas ondas e Adriano foi um pouco mais selectivo, o que no fim jogou a seu favor e assim avançou para as meias finais.

De seguida Josh Kerr bateu Owen Wright mas o campeonato “pegou fogo” foi quando Mick Fanning defrontou Jordy Smith no 3 heat dos quartos de final. Qualquer um dos dois mostrou potencial para vencer mas no fim Fanning acabou à frente e avançou. Para terminar a fase Filipe Toledo batalhou contra Nat Young para manter o seu lugar no topo do ranking mas apanhou poucas secções para dar os seus voos e o backside do norte-americano está muito mais adaptado a estas condições e acabou por vencer.

Nas meias finais Adriano carimbou o seu passaporte para a sua segunda final em Bells, eliminando Josh Kerr, enquanto que Fanning bateu Nat Young. O derradeiro heat foi um confronto de “escolas de surf”, australiana contra brasileira. Adriano de Souza surfou com agressividade desde a primeira onda, atacando o lip com mais força do que estilo mas projectando sempre muita água nas batidas e rasgadas. Fanning demorou mais tempo a “aquecer os motores” mas com o seu surf mais preciso e compacto fez a melhor nota do heat, um 8.17. Na sua onda seguinte Mick passou para a frente deixando Adriano a precisar de uma nota de 7.78. Por sua vez o brasileiro respondeu com tudo o que tinha numa onda com menos secções, recebendo 7.77 o que lhe deu o empate com Fanning mas como Mick tinha a melhor onda ficou à frente.

Adriano ainda tentou melhorar a sua posição nos últimos segundos mas apesar de ter surfado muito bem a onda era mais pequena e apenas recebeu 7 pontos, que não chegou para virar o resultado.

Assim Mick Fanning conquistou o seu quarto Rip Curl Pro Bells Beach e passou para o primeiro lugar do ranking, empatado com Filipe Toledo. Adriano de Souza segue-os de perto, apenas 700 pontos atrás.

A próxima etapa será o Drug Aware Pro Margaret River, entre 15 e 26 de Abril, mas ainda falta terminar a prova feminina em Bells. Acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários