O segundo e último dia do Sopela Pro Junior foi praticamente um “passeio” para a organização, depois da “maratona” do dia anterior. No “lado masculino” apenas tínhamos três “sobreviventes” mas nenhum deles conseguiu avançar para a fase seguinte.

Guilherme Fonseca foi o primeiro a entrar e quem ficou mais perto de avançar. No seu heat estava o tahitiano Mateia Hiquily que fez um heat quase perfeito, apesar de ter feito uma interferência. Mesmo assim passou em primeiro, bem destacado dos adversários. Fonseca disputou taco a taco o segundo lugar com Gaspard Larsonneur mas este apanhou uma das melhores ondas do dia e conseguiu da nota de 8.67. Guilherme foi mais consistente e ainda ameaçou virar a bateria na última onda, mas precisava de um pouco mais e foi eliminado.

No heat seguinte também Miguel Blanco não conseguiu manter o ritmo das fases anteriores e acabou eliminado, apesar de ter acabado muito perto do segundo lugar. E, para terminar a fase, também João Kopke perdia, num heat em que Andy Criere e Ariihoe Tefaafana surfaram muito bem. João acabou por empatar com o basco Alex Iriondo, terminando em 4º lugar.

Ainda nesta fase seria eliminado o campeão do circuito em 2013, o italiano Leonardo Fioravanti, e neste momento ocupa a 15º posição no ranking. Pelo surf que se tinha visto até aqui, tudo apontava para uma vitória tahitiana pois tinham três surfistas nas meias em grande destaque. No entanto apenas um chegou à final, Mateia Hiquily, e não venceu por ter feito uma interferência. O vencedor foi Timothee Bisso, da Ilha Guadalupe, que surfava com uma prancha portuguesa da Semente, seguido por Hiquily, Nelson Cloarec e Andy Criere.

Na categoria as três surfistas portuguesas em prova avançaram para os quartos de final man-on-man mas Carol Fernandes acabava por ser eliminada logo no segundo heat da fase. Isso significava que apenas uma competidora nacional iria passar à fase seguinte pois Carina Duarte e Teresa Bonvalot competiam juntas no último heat do round.

Teresa mais uma vez conseguiu levou a melhor, depois de abrir o heat com uma nota de 8.67 enquanto que Carina foi muito selectiva e acabou sem uma segunda onda. Infelizmente nas meias finais seria derrotada, por muito pouco, por Leticia Canales Bilbao, que na final foi derrotada por Kim Veteau.

A próxima etapa do Pro Junior será o Lacanau Pro Junior, realizado entre 9 e 11 de Agosto, em França.

(O dia 1 do Sopela Pro Junior)

Comentários

Os comentários estão fechados.