Dia gigante em Teahupo’o | Billabong Pro Tahiti

publicado há 2 anos por 0

Billabong-Tahiti-Pro-2015-Day-2

O segunda dia do Billabong Pro Tahiti usou todas as horas do dia possíveis para os melhores do mundo surfarem na perfeição de um das mais perigosas esquerdas do mundo.

Faltavam apenas quatro heats para terminar o round 1 e com condições melhores que no primeiro dia, Kierran Perrow, director de prova, deu o call para se terminar o primeiro round. Apesar de muito chuva e do vento não estar na melhor direcção, as condições ofereciam verdadeiras bombas pelo que mesmo ante do round 1 terminar, a decisão de continuar com o campeonato foi tomada.

Assim, depois do dominio de Kerr no heat 9 do round 1, do “giant killer” de 2015, o rookie Italo Ferreira, voltar a vencer o heat, depois de JJ Florence mostrar mais uma vez a sua mestria neste tipo de ondas e depois de Jeremy Flores mostrar a sua nova cara dominando o último heat do round 1, começou de imediato o primeiro round decisor, aquele que iria mandar 12 surfistas para fora do Tahiti.

(Domínio de Josh Kerr | Round 1 | Heat 9)

Neste estavam algumas supresas como o lider do circuito, Adriano de Sousa, assim como o número 4 do mundo, Filipe Toledo. Ambos venceram os seus heats mas de forams opostas. De Souza dominiou enqunato Toledo teve um daqueles heats em que tudo corre mal mas onde para sua sorte, para o seu adversário as coisas ainda foram piores.

Hobgood, no seu último ano no circuito, não deu hipóteses a Nat Young num que foi um dos heats do dia. Simpson eliminou Burrow, Durbidge eliminou Glenn Hall e logo de seguida Wigolly Dantas, outro rookie deste ano, mostrou, mais uma vez, que é um nome que merecer estar no topo do WCT. O seu surf tem sido perfeito em todas as ondas do circuito, seha em ondas pequenas e moles, ondas grandes e tubulares, para a direita ou para a esquerda, e, apesar de ser apenas o seu primeiro ano no WCT, é já um nome respeitado e temido por todos os seus companheiro de circuito.

Medina mostrou novamente porque razão venceu o ano passado em Teahuppo e porque foi campeão do mundo, enquanto que Wilkinson venceu o havaiano Fred Patachia.

(A gema de Medina no round 2)

Kai Otton não deu hipóteses a Miguel Pupo, e Jadson André eliminou o local Michel Bourez para grande tristeza da comunidade local. Buchan eliminou Mellhin e, para terminar o dia, Sebastien Zietz eliminou o rookie Keanu Asing.

O Billabong Pro Tahiti deverá voltar à água hoje (a partir das 18:30) e só tens de carregar AQUI para ver tudo em directo!

(Highliths do Billabong Tahiti Pro Dia 2)

Comentários